Prefeitura do Rio recebe 100 viseiras de proteção, feitas em impressoras 3D, para hospital de campanha

Publicado em 04/05/2020 - 12:56 | Atualizado em 04/05/2020 - 13:05
As viseiras (tipo face shields) feitas de material reciclado, são doadas pela SMDT à Secretaria de Saúde. Foto: Paulo Guara/SMDT
A  Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria da Pessoa com Deficiência e Tecnologia (SMDT), entrega nesta semana os 100 primeiros equipamentos de proteção individual (EPI) produzidos em impressoras 3D. São viseiras (tipo face shields) feitas de material reciclado, doadas pela SMDT à Secretaria de Saúde para utilização em hospitais, prioritariamente o de campanha, do Riocentro.
As impressoras são equipamentos da Nave do Conhecimento do Engenhão. A linha de produção de máscaras tipo face shield, no entanto, está instalada fisicamente na Plataforma Digital da Engenhoca, em Niterói, também administrada pela Organização Social IDACO, responsável pela Nave. A escolha pela plataforma se deu pelo maior espaço físico. No local, estão instaladas quatro impressoras e duas cortadoras a laser. A equipe da Nave do Conhecimento lidera o projeto, feito em parceria com a prefeitura de Niterói. Serão produzidas para a Prefeitura do Rio 150 máscaras por mês. O equipamento, depois de pronto, é levado ao Into para esterilização.
Atualmente, a Nave do Conhecimento do Engenhão oferece cursos online e está com uma turma em andamento no curso de 3D Builder. Nesse curso, por meios das aulas introdutórias de 3D Builder, o aluno conhece a interface do programa, a construção de objetos e configuração para impressão em 3D. Está prevista a abertura de uma nova turma devido à grande procura.
Para outras informações sobre os cursos acesse: www.navedoconhecimento.rio.