Prefeitura do Rio impede e interdita festa clandestina em Campo Grande

Publicado em 17/01/2021 - 19:27 | Atualizado em 17/01/2021 - 19:28
A festa “Sambinha do Sheik 40º graus” não tinha autorização e nem alvará de funcionamento - Divulgação/Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio  impediu e interditou, por volta das 17h deste domingo (17/01), a festa “Sambinha do Sheik 40º graus”, que aconteceria – sem autorização e alvará de funcionamento -, a partir das 17h, conforme anunciado em mídias sociais, na casa “Bora Bora”, em Campo Grande, na Zona Oeste. É o quinto evento clandestino encerrado pelas equipes coordenadas pela Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) neste fim de semana, início das operações para conscientização do cumprimento às medidas de proteção à vida da Secretaria Municipal de Saúde. O local foi interditado pelo Instituto de Vigilância Sanitária (Ivisa).

Coordenada pela Seop, a operação contou com fiscais das coordenadorias Controle Urbano (CCU), do Instituto Municipal de Vigilância Sanitária e Controle de Zoonoses e agentes da Guarda Municipal, além do apoio da Polícia Militar. As equipes flagraram diversas irregularidades, como som alto e estrutura de dança e frequentadores sem máscara. Além disso, o lugar não apresentou tinha alvarás de funcionamento e sanitário.

  • A população precisa colaborar no combate à pandemia. Esse trabalho é preventivo, para salvar vidas. Precisamos da colaboração de todos para reduzir os índices de vítimas da Covid-19. A Prefeitura está atuando, diariamente, para auxiliar neste sentido, mas é fundamental que todos participem – declarou o secretário municipal de Ordem Pública, Brenno Carnevale.

Festas clandestinas

Somente no sábado, agentes do Ivisa fizeram duas interdições por funcionamento clandestino – “Ilha Sunset”, na Ilha do Ipê, na Barra; e “Churrasco Abençoado”, em Bangu, ambos na Zona Oeste. No mesmo dia, outro evento sem autorização – o “Xoxo” –, que também ocorria na região da Gigoia, foi interrompido pela Guarda Municipal. Na véspera, guardas municipais encerraram encontro gospel realizado nas areias da praia da Barra da Tijuca.

Conscientização

Em outra frente, a Prefeitura do Rio iniciou, nesta sexta-feira (15/01), as ações integradas da Secretaria de Ordem Pública (Seop), Defesa Civil, Vigilância Sanitária e Guarda Municipal, por estabelecimentos comerciais para conscientização do cumprimento às medidas de proteção à vida da SMS. Desde à noite de sexta-feira (15) até a madrugada de domingo (17), foram 78 estabelecimentos inspecionados, três interditados (sendo duas casas de festas clandestinas) e 19 autos de infração sanitária lavrados. O objetivo das operações, nesse momento, é orientar o público e proprietários quanto às normas de prevenção, além de corrigir situações flagradas, aplicando multa nos casos de descumprimento das orientações.

 

Conscientização: No segundo dia de ações, Prefeitura inspeciona 45 estabelecimentos, notifica sete e interrompe três festas clandestinas

  • 17 de janeiro de 2021