Prefeitura aumenta para 100 o número de gatos castrados aos sábados em unidades da Vigilância Sanitária

Publicado em 25/08/2020 - 13:47 | Atualizado em 25/08/2020 - 14:06
Prefeitura do Rio faz cirurgias de castração de cães e gatos gratuitas. Foto: Mariana Ramos / Prefeitura do RioPrefeitura do Rio faz cirurgias de castração de cães e gatos gratuitas. Foto: Mariana Ramos / Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio, por meio da Subsecretaria de Vigilância Sanitária e Controle de Zoonoses, aumentou de 70 para 100 o número de gatos castrados aos sábados nas duas unidades de atendimento veterinário da pasta vinculada à Secretaria Municipal de Saúde (SMS). O objetivo é dar vazão ao aumento da demanda por conta da pandemia da Covid-19, sempre tomando todos os cuidados das Regras de Ouro para prevenir o contágio pelo coronavírus.  

O agendamento das cirurgias para cães e gatos no Instituto Municipal de Medicina Veterinária Jorge Vaitsman (IJV) e no Centro de Controle de Controle de Zoonoses Paulo Dacorso Filho (CCZ) retomou no último dia 12. Para agilizar o serviço  suspenso desde março, a marcação vem sendo feita, neste primeiro momento, pelos e-mails castracaoijv@gmail.com e castracao.visa.ccz@gmail.com, para até três castrações por CPF.

Entre outras medidas adotadas para atender a grande demanda do serviço e evitar aglomeração, as cirurgias voltaram a ser realizadas durante todo o dia, das 8h às 17h, de segunda a sábado, dia exclusivo para a castração de felinos. Todos têm direito à chipagem e cadastro no Registro Geral de Animais (RGA).  

— As solicitações de agendamento serão avaliadas e respondidas caso a caso. A Vigilância Sanitária pede para quem fez o cadastro aguardar, pois vai receber o retorno por e-mail. A castração é a maneira mais eficaz de controlar a população de cães e gatos e é uma demonstração de posse responsável e de consciência sobre a saúde coletiva — ressalta a médica-veterinária Mônica Valim, coordenadora de  Zoonoses da Vigilância Sanitária. 

  • 25 de agosto de 2020