Prefeitura anuncia plano de revitalização do Mercado São Sebastião, às margens da Avenida Brasil

Publicado em 19/02/2021 - 17:00 | Atualizado em 21/02/2021 - 08:24
  • Início/
  • /
  • Prefeitura anuncia plano de revitalização do Mercado São Sebastião, às margens da Avenida Brasil
Objetivo é atrair mais empresas para a região - Beth Santos/Prefeitura do Rio

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, apresentou nesta sexta-feira (19/02) um plano de revitalização do Mercado São Sebastião que prevê nova infraestrutura e mais segurança para o local, inaugurado em 1962. O projeto, em parceria com o Governo do Estado, foi proposto em reunião com comerciantes para debater melhorias para o espaço, que fica às margens da Avenida Brasil – uma das áreas estratégicas para a retomada econômica da cidade.

Paes deixou claro seu desejo de atrair mais empresas para o mercado, considerado um dos maiores polos empresariais do Rio, principalmente devido à fácil localização e à capacidade para agregar os principais atacadistas do Estado.

– O encontro de hoje talvez seja o primeiro passo de um programa de revitalização da Avenida Brasil, nosso compromisso de campanha. A Avenida Brasil ainda tem dois polos econômicos: o Ceasa e o Mercado São Sebastião. O mercado tem um centro de logística fantástico, muito bem posicionado, mas que sofre com problemas de infraestrutura e segurança – disse, para em seguida completar:

– A gente dá um pontapé inicial para um programa de revitalização do Mercado São Sebastião, junto com o Governo do Estado, para trazer segurança pública e fazer com que as empresas voltem para cá. É uma espécie de farol da revitalização da Avenida Brasil.

 

Prefeito quer atrair mais empresas para o mercado – Beth Santos/Prefeitura do Rio

 

O prefeito detalhou também a importância da reunião realizada na Bolsa de Gêneros Alimentícios (BGA), que fica dentro do mercado.

– A gente tomou um conjunto de ações, criando um grupo de trabalho, olhando mais para o médio e o longo prazos, quais são as vocações do mercado, como faz a atração de novas empresas, como é que se consolida com centro de logísticas daqui. E medidas de mais curto prazo, melhor manutenção, melhor segurança pública, melhor limpeza, que é um conjunto de ações que podem ser tomadas e dar uma resposta mais imediata.

O Mercado São Sebastião funciona como um centro de distribuição de alimentos para o resto da cidade e serve de base para a Bolsa de Gêneros Alimentícios, que faz a mediação entre compradores e vendedores para a negociação de produtos variados e serviços. Várias redes de supermercado e empresas alimentícias têm galpões ali, além de transportadoras de cargas.

Presidente da BGA, Humberto Margon demonstrou esperança num futuro melhor para o mercado.

– Vivemos uma grande expectativa. Temos certeza que, com o prefeito Eduardo Paes, o Mercado São Sebastião vai ser revitalizado, porque ele está no entorno do BRT da Transbrasil, é um movimento muito grande. Temos esperança. Estamos com uma expectativa muito boa, confiantes de que vai acontecer.

Também participaram do encontro o vice-prefeito Nilton Caldeira; o secretário de Planejamento Urbano, Washington Fajardo; a secretária municipal de Conservação, Anna Laura Secco; a secretária de Infraestrutura, Katia Souza; a secretária de Transportes, Maína Celidonio; o presidente da Rioluz, Bruno Bonetti; o presidente da Comlurb, Flávio Lopes; o subprefeito da Zona Norte, Diego Vaz; representantes da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Simplificação; e integrantes da Bolsa de Gêneros Alimentícios.

  • 19 de fevereiro de 2021