Planetário do Rio reabre ao público com novidades, como o meteorito Santa Luzia que resistiu ao incêndio do Museu Nacional

Publicado em 15/05/2021 - 13:36 | Atualizado em 15/05/2021 - 13:49
  • Início/
  • /
  • Planetário do Rio reabre ao público com novidades, como o meteorito Santa Luzia que resistiu ao incêndio do Museu Nacional
O meteorito Santa Luzia, no Planetário da Gávea - Beth Santos / Prefeitura do Rio

A Fundação Planetário do Rio reabriu ao público neste sábado (15/05) com novidades que vieram, literalmente, do espaço. Pela primeira vez, o Planetário receberá um acervo original: um conjunto de meteoritos, entre eles o segundo maior do país – o Santa Luzia – cedido pelo Museu Nacional.

O Santa Luzia tem cerca de duas toneladas e caiu no estado de Goiás cerca de 100 anos atrás. Foi uma das peças que resistiram ao incêndio no Museu Nacional, em 2018.

– O novo xodó do Planetário poderá ser visitado gratuitamente todos os dias, a partir deste sábado, e será um motivo a mais para os nossos convidados viverem a experiência Planetário – reforça o Presidente da Fundação Planetário do Rio, Gledson Machado, completando: – É uma verdadeira oportunidade de o público tocar em um extraterrestre!

Em sua reabertura, o Planetário inaugura também a exposição “A Astronomia na Arte Rupestre em Minas Gerais”, com fotos de Gustavo Villa.

O secretário de Governo e Integridade Pública, Marcelo Calero, ressalta o papel de referência que o Planetário tem para a sociedade, ainda mais em tempos de pandemia:

– É de suma importância para o Rio de Janeiro ter, nesse momento, um equipamento como o Planetário exaltando a ciência e a cultura. Ao longo da campanha de vacinação contra a Covid-19, o Planetário tem mostrado que é um espaço com o qual o carioca pode contar, e sua reabertura ao público com essas novidades, cumprindo os protocolos necessários, é mais uma prova disso.

Diretor do Museu Nacional, Alexander Kellner destaca a importância da preservação e da exposição do Santa Luzia, peça que é mais antiga do que a própria Terra:

– Temos recebido muitas notícias ruins e essa é uma boa notícia, que comprova um trabalho de inovação, parceria, e que terá impacto na vida da população, vai resultar em mais educação. E nada é mais importante do que a educação.

Há novidades ainda nas sessões de cúpula, grande atração deste equipamento cultural: exibições com a presença de um dos astrônomos da Fundação ao vivo, mediando a sessão “O Céu do Rio de Janeiro”. Além das sessões ao vivo, o Planetário exibe as sessões infantis “Uma Aventura no Planetário” e “Brincando Entre Estrelas” – tudo rigorosamente dentro dos protocolos sanitários recomendados para o enfrentamento à Covid-19.

Para conferir a programação, basta acessar o site da Fundação: planeta.rio

Sessões de sábado:
10h – Uma Aventura no Planetário
11h – O Céu do Rio de Janeiro (mediação ao vivo)
14h – Uma Aventura no Planetário
15h15 – Brincando Entre Estrelas
16h – O Céu do Rio de Janeiro (mediação ao vivo)

Sessões de domingo:
14h – Uma Aventura no Planetário
15h15 – Brincando Entre Estrelas
16h – O Céu do Rio de Janeiro (mediação ao vivo)

Serviço:

Planetário do Rio
Rua Vice-Governador Rubens Berardo, 100 – Gávea

Funcionamento do Parque:

De segunda a sexta, das 8h às 17h.
Sábados, de 10h às 17h.
Domingos, de 13h30 às 17h.

Entrada gratuita.

Funcionamento das sessões:

Sábados, de 10h às 12h e das 13h30 às 17h
Domingo, das 13h30 às 17h
Ingressos: Sessões de cúpula (incluindo visita ao Museu), R$ 30 (inteira) / R$ 15 (meia-entrada)
Mais informações em http://planeta.rio/ e nas redes sociais (@planetariodorio)

  • 15 de maio de 2021