Parque Madureira ganha balanço adaptado para nova área de lazer com acessibilidade

Publicado em 06/10/2020 - 12:39 | Atualizado
Brinquedo foi doado por alunos de escola privada que também criaram projeto para garantir mais diversão a pessoas com mobilidade reduzidaBrinquedo foi doado por alunos de escola privada que também criaram projeto para garantir mais diversão a pessoas com mobilidade reduzida

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Especial de Turismo e Legado Olímpico (Seturleo), informa que o Parque Madureira terá a partir desta quarta-feira, 07/10, um balanço adaptado para cadeirantes. O brinquedo, o primeiro da área de lazer com acessibilidade, foi comprado e doado por alunos do colégio Pensi, unidade Madureira, e faz parte do projeto Parque Especial, também elaborado pelos estudantes.

– Mais do que o simples direito de ir e vir, a acessibilidade garante segurança e integridade física para pessoas com necessidades especiais e mobilidade reduzida, também nos momentos de lazer e descontração. Esse projeto dos alunos colabora muito com uma visão de mundo mais plural, onde todos podem usufruir dos mesmos ambientes – destaca a secretária Especial de Turismo e Legado Olímpico, Camila Sousa.

Iniciado nas aulas de Laboratório Inteligência de Vida (LIV) em abril de 2019, o projeto do Parque Especial foi idealizado por nove alunos, orientados pela professora Debora Oliveira. Inspirados pela história de Luiz Otávio, um músico que nasceu cego e conseguiu ter uma carreira de sucesso, os estudantes pesquisaram sobre parques de diversões acessíveis e descobriram que não havia opções públicas para cadeirantes, por exemplo.

Com a ajuda de Debora, eles resolveram planejar essa nova área de lazer para o Parque Madureira,  muito frequentado pelos próprios alunos. Para financiar a compra do balanço, a turma criou uma “vaquinha” online, que viralizou nas redes sociais e, graças a isso, foi possível bater a meta para a aquisição do brinquedo.

O balanço seria instalado em março, mas os planos foram adiados devido à pandemia de Covid-19. Nesta quarta, às 10h, os alunos estarão no parque para conferir o resultado da ação promovida por eles.

Para a estudante Gabriela Pinheiro, que faz parte do projeto, esse é só o primeiro passo para a criação de um parque completo em Madureira:

– Vamos abrir nova “vaquinha” para a compra de novos brinquedos.