Operação fiscaliza comércio na orla da Zona Sul e reforça patrulhamento no entorno da estação do Corcovado

Publicado em 07/02/2021 - 17:43 | Atualizado
A Guarda Municipal participa do reforço no patrulhamento na estação de trem do Corcovado - Divulgação/Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio promoveu, neste domingo (07/02), uma ação conjunta para fiscalizar o comércio (ambulantes e estabelecimentos) e o trânsito na orla da Zona Sul, além de atender a população em situação de rua. O comboio de ordenamento percorreu as praias do Flamengo e Botafogo, e a área de lazer do Aterro do Flamengo.

Com ambulantes, foram apreendidas 98 bebidas em garrafas de vidro, o que é proibido pelo Código de Posturas do município, além de uma tenda árabe e um cooler. Ao todo, 20 ambulantes foram fiscalizados, com seis deles autuados. Um quiosque também foi multado por falta de licenciamento sanitário. Ainda como saldo da operação, dois veículos foram removidos por estacionamento irregular e oito pessoas em situação de rua foram abordadas.

Os comboios integrados pela Secretaria de Ordem Pública (Seop) contam com agentes da Guarda Municipal, Controle Urbano, Coordenação de Reboques, Instituto de Vigilância Sanitária, Assistência Social e o apoio da Polícia Militar.

Reforço no patrulhamento na estação de trem do Corcovado

A Praça São Judas Tadeu, no Cosme Velho, também teve reforço no patrulhamento, neste fim de semana, com 33 guardas municipais. O objetivo era promover o ordenamento urbano e coibir a prática de delitos e desordens com abordagens indevidas a turistas que acessam a estação de trem do Corcovado.

A ação preventiva da Guarda Municipal teve foco no trânsito, para impedir a atividade ilegal de flanelinhas, que cobram por vagas de estacionamento nas ruas do entorno, como na Efigênio Salles, e a abordagem de motoristas de vans que atuam de forma indevida fazendo transporte turístico sem credenciamento no órgão regulador.

– Essa é uma das demandas que constam no plano de metas do prefeito e começamos a colocar em prática. Vamos ordenar e organizar o acesso para que os turistas não sejam vítimas de extorsão e se sintam protegidos e seguros durante a visita na cidade – afirmou Carnevale.

O inspetor geral Ricardo Soares, comandante da GM, informou que, somente neste sábado (06/02), foram realizados 53 atendimentos e orientações a turistas nacionais e estrangeiros:

– A forte presença dos nossos guardas já inibe essas atividades ilegais que ocorrem no local. Por isso, reunimos equipes de diferentes unidades operacionais para fazerem a retomada desse espaço com intervenções personalizadas e humanizadas nos pontos de desordem para proporcionar um espaço ordenado e seguro.

A operação conta com efetivos dos Grupamentos Especiais de Trânsito (GET), de Apoio ao Turista (GAT), de Defesa Ambiental (GDA), de Guardas Motociclistas (GGM) e o Tático Móvel (GTM).

  • 7 de fevereiro de 2021