Mutirão Cuidar da Cidade chega a Vargem Grande para beneficiar cerca de 13 mil moradores

Publicado em 16/12/2019 - 12:15 | Atualizado em 16/12/2019 - 12:16
Operação tapa-buracos é uma das principais reivindicações da comunidade. Foto: Davi Maia/ Prefeitura do Rio

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, acompanhou nesta segunda-feira, 16 de dezembro, o início das ações do Cuidar da Cidade em Vargem Grande, Zona Oeste do município. O programa de zeladoria faz o atendimento com base nos chamados feitos por moradores à Central 1746. Nesta 44ª edição do mutirão de órgãos e secretaria municipais, a maioria das demandas está relacionada a serviços de poda de árvore, drenagem e pavimentação. Entre os demais serviços realizados, estão o de combate a vetores, limpeza, iluminação pública e mobiliário urbano. A quadra esportiva local também ganhará cobertura ano que vem.

– Chegamos hoje com serviços importantes para os moradores de Vargem Grande. Nossos funcionários vão ficar aqui até deixar essa região mais bonita e bem mais cuidada. Vamos tapar buracos nas ruas, podar as árvores, desentupir bueiros, trocar lâmpadas e ajeitar fiações elétricas, instalar quebra-molas onde precisar, enfim, dar melhores condições e qualidade de vida a quem mora aqui – afirmou Crivella.

 

Poda de árvore é outra demanda frequente da comunidade local e que esta sendo atendida. Foto: Davi Maia/ Prefeitura do Rio

O motorista Paulo César da Silva, de 57 anos, que mora na Rua Agapanto, uma das cinco vias onde os serviços estão concentrados, no primeiro momento – e onde residem pelo menos 13 mil moradores -, exaltou principalmente a operação tapa-buracos.

– Veio em boa hora. O recapeamento asfáltico é fundamental para evitar acidente e dar vida mais longa aos veículos, sem a necessidade de troca de peças com frequência – ressaltou Paulo César.

Os moradores também comemoraram a recuperação e pintura dos brinquedos da praça local.

– Estão podando as árvores do parquinho. Isso é muito bom. Essa espécie comum aqui (Couroupita guianensis, conhecida como Abricó de Macaco ou Bala de Canhão), dá frutos redondos e relativamente pesados, que sempre despencavam em cima da gente. Agora, poderemos trazer as crianças para brincar com mais segurança – comentou a moradora Ana Maria da Cruz.

Saiba mais sobre o Cuidar da Cidade

Desde que o programa de zeladoria foi criado, em janeiro deste ano, diversas áreas em dezenas de bairros já foram beneficiadas por mais de 30 mil ações. Desenvolvido pela Secretaria Municipal da Casa Civil, em conjunto com o Centro de Operações Rio (COR) e a Central 1746, o mutirão de zeladoria estabelece um calendário de ações que mobiliza órgãos municipais como a Subsecretaria de Conservação; as secretarias de Saúde e Educação; Comlurb; Rioluz; Fundação Parques e Jardins; CET-Rio; Vigilância Sanitária e Guarda Municipal.

O programa Cuidar da Cidade já passou pelas seguintes regiões:

ZONA NORTE:

– Tijuca/Praça Afonso Pena

– Tijuca/Praça Saens Peña

– Ilha do Governador/Ribeira /Praia da Bandeira/Freguesia

Ilha do Governador/Pitangueiras

– Rocha Miranda

– Méier

– Vigário Geral

– Pavuna

– Penha

– Catumbi

ZONA OESTE:

– Bangu

– Padre Miguel

– Santa Cruz

– Santa Cruz/ Cesarão

– Campo Grande

– Cidade de Deus

– Inhoaíba

– Campo Grande / Conjunto da Marinha

– Vila Valqueire

– Pechincha

– Paciência

– Anil

– Realengo

– Recreio dos Bandeirantes

– Cosmos

– Taquara

– Vargem Grande

ZONA SUL:

– Leblon