Guardas municipais e fiscais do Meio Ambiente apreendem xaxins ameaçados de extinção 

Publicado em 09/01/2020 - 17:16 | Atualizado
Xaxins ameaçados de extinção eram vendidos em quiosque em Ipanema. Foto: divulgação GMXaxins ameaçados de extinção eram vendidos em quiosque em Ipanema. Foto: divulgação GM

Guardas municipais do Grupamento de Defesa Ambiental (GDA) e fiscais da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMAC) apreenderam 14 xaxins que estavam sendo vendidos irregularmente em um quiosque na Rua Visconde de Pirajá, em Ipanema, na Zona Sul do Rio. A ação aconteceu após as equipes da Prefeitura do Rio de Janeiro terem recebido denúncia de dano à flora por meio da Central 1746.

A espécie, também conhecida como samambiaçu-imperial, está incluída na lista oficial do Ibama de espécies ameaçadas de extinção. A comercialização pode implicar ainda em sanções previstas no decreto federal de nº 6.514, de 22 de julho de 2008, que dispõe sobre a especificação das sanções aplicáveis às condutas e atividades lesivas ao meio ambiente. Os xaxins apreendidos foram levados para base da SMAC, d em seguida seriam reinseridos no meio ambiente.

As equipes da Secretaria de Meio Ambiente e da Guarda Municipal podem ser acionadas pela Central 1746 para verificar denúncias de danos a flora no município, poluição sonora e ambiental em geral e também para o resgate de animais silvestres em situação de risco no espaço urbano.