Crivella: Máscara não é passaporte para pessoas saírem às ruas

Publicado em 27/04/2020 - 09:00 | Atualizado em 27/04/2020 - 10:27
Crivella fez novo apelo para que as pessoas permaneçam em casa. Foto: Reprodução de Vídeo
O prefeito Marcelo Crivella voltou a alertar as pessoas sobre a necessidade da manutenção do afastamento social, para se evitar o contágio do novo coronavírus. Em vídeo publicado em suas redes sociais, na manhã desta segunda-feira (27/04), Crivella disse ter percebido um aumento no número de pessoas nas ruas, ressaltando que máscara não é passaporte para os cidadãos saírem de casa.
– Estamos num momento delicado, porque cresce o número de infectados, de internações em UTI e óbitos. Então, é muito importante que as pessoas fiquem em casa. Aquele decreto da máscara é a proteção das pessoas que têm que sair, por necessidade especial ou porque estão trabalhando em atividades essenciais da nossa economia. Mas a regra geral, sobretudo para os idosos, e às pessoas de qualquer idade que tenham comorbidades, como diabetes, pneumonia, tubercucose, efisema pulmonar, insuficiência renal, que estão fazendo tratamento de câncer e a imunidade baixou – afirmou o prefeito.
Crivella pediu mais uma vez que as pessoas permaneçam em suas casas e que continuem lavando as mãos com água e sabão.

– Se puderem, lavem as mãos também com álcool gel e evitem a todo custo, aglomeração. A máscara não é um passaporte para a gente sair às ruas. Não. É a proteção daqueles que têm obrigação de sair, por atividades essenciais da economia ou porque estão fazendo tratamento médico ou coisa do tipo – reforçou.

 

Skip to content