Começa nova fase na rede municipal de ensino, sem rodízio e com configuração original das salas

Publicado em 18/10/2021 - 18:25 | Atualizado
Secretaria Municipal de Educação inaugura escola em BenficaSala de aula da rede municipal - Divulgação / Prefeitura do Rio

As escolas municipais deram início nesta segunda-feira (18/10) ao retorno presencial sem rodízio e com configuração original das salas de aula. Para uma retomada segura, foi adotada a estratégia de dividir a volta em duas etapas. A Secretaria Municipal de Educação (SME) quer garantir a presença dos estudantes nas unidades de forma planejada.

A divisão dos grupamentos escolares foi pensada para priorizar os alunos em alfabetização (1° e 2° anos) e os anos finais de cada segmento: educação infantil (4 e 5 anos), Fundamental I (5° ano), Fundamental II (9° ano), e alunos do programa de aceleração, o Carioca II. Este grupamento representa quase a metade dos 644 mil alunos da rede (300 mil). Os demais grupamentos retornam no próximo dia 25, somando 344 mil estudantes.

O secretário municipal de Educação, Renan Ferreirinha, esteve nesta segunda-feira na Escola Municipal Estados Unidos para acompanhar esta nova fase:

 

– As nossas escolas estão preparadas para receber todos os nossos alunos. Lugar de aluno é na escola. A escola é local de aprendizagem, mas também de alimentação adequada, acolhimento socioemocional e convívio social.

 

O fim do rodízio ocorre devido à necessidade de acabar com o distanciamento entre as carteiras em sala de aula, que foi uma recomendação do Comitê Científico da Prefeitura.

  • 18 de outubro de 2021