CET-Rio divulga balanço do 1º dia útil da liberação do trecho da Avenida Brasil de acesso à Avenida Francisco Bicalho

Publicado em 04/12/2023 - 18:16 | Atualizado em 04/12/2023 - 18:23
  • Início/
  • /
  • CET-Rio divulga balanço do 1º dia útil da liberação do trecho da Avenida Brasil de acesso à Avenida Francisco Bicalho
O novo trecho vai facilitar o acesso dos veículos à Avenida Francisco Bicalho - Prefeitura do Rio

Na manhã do primeiro dia útil da liberação do trecho da Avenida Brasil de acesso à Avenida Francisco Bicalho, a CET-Rio verificou um volume de viagens um pouco maior do que o observado no sábado (2/12), quando a Prefeitura havia realizado a abertura do trecho entre a Rua Santos Lima e a Avenida Francisco Bicalho, na Zona Portuária. Segundo a Companhia, os dados sugerem um aumento paulatino de mudança das rotas, contudo, abaixo da capacidade viária disponível. De acordo com as contagens realizadas, foi possível constatar uma solicitação média de 650 veículos por hora no pico, o que sugere uma redução do volume no Gasômetro em torno de 9%, gerando consequente redução dos tempos de viagem de aproximadamente 12%.

O trecho estava interditado para obras do Terminal Intermodal Gentileza (TIG). Este é mais um passo na preparação da região para o início do funcionamento do corredor de BRT Transbrasil, previsto para começar a operar em janeiro de 2024. O TIG deverá ser entregue em dezembro.

Após a liberação da via lateral da Avenida Brasil, no sentido Centro, os veículos procedentes da Avenida Brasil, na altura do Caju, puderam seguir em direção ao Centro, Tijuca e ao Túnel Rebouças sem a necessidade de transitar pelo Viaduto do Gasômetro, restabelecendo assim a ligação direta, anteriormente existente, entre a Avenida Brasil e a Avenida Francisco Bicalho.

Com a medida, se espera que ocorra a migração integral das viagens que seguem pela via central em direção ao Gasômetro para a via lateral, agora liberada, o que permitirá desafogar o viaduto.

De acordo com a CET-Rio, não foram observadas retenções ao longo da rota liberada, que compreende as ruas Sá Freire, Conde de Leopoldina e Avenida Brasil até a chegada na Avenida Francisco Bicalho, com alguns reflexos apenas no entroncamento de desvio para a Rodoviária/Avenida Rodrigues Alves, após a Rua Santos Lima.

Após avaliação do panorama ao longo da semana, a CET-Rio terá uma posição mais consolidada na sexta-feira (8/12).

  • 4 de dezembro de 2023
  • Pular para o conteúdo