Prefeitura lança Jornada Carioca da Integridade no Dia Internacional Contra a Corrupção

Publicado em 09/12/2021 - 10:50 | Atualizado

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Governo e Integridade Pública (Segovi), lança, nesta quinta-feira (9/12), Dia Internacional Contra a Corrupção, a Jornada Carioca da Integridade, iniciativa que visa a promover a ética na conduta diária de cada cidadão. Ao longo dos próximos meses, o órgão veiculará, em espaços públicos e nas redes sociais, mensagens que ressaltam o significado de integridade e sua importância no cotidiano dos cariocas.

Para marcar o dia de abertura da campanha, diversos pontos da cidade serão iluminados com a cor azul, escolhida como símbolo da integridade. Entre os locais que receberão a luminosidade especial, estão o Cristo Redentor, Arcos da Lapa, Estátua de Estácio de Sá (fundador da cidade, no Flamengo), Centro Administrativo São Sebastião (sede da Prefeitura) e Palácio da Cidade.

Nas ruas, o recado será dado por meio dos relógios digitais, que exibirão frases de promoção da atitude ética de cada indivíduo, acompanhadas do slogan da campanha (“Integridade – Compromisso de todos”).  As frases escolhidas são de autoria do ativista Mahatma Gandhi (“Seja a mudança que você quer ver no mundo”), do filósofo Immanuel Kant (“Tudo o que não puder contar como fez, não faça”) e do apóstolo Paulo de Tarso (“Tudo é lícito, mas nem tudo me convém”). As mensagens também estarão presentes em cartazes que serão instalados em órgãos públicos do município.

Além disso, foram selecionadas dez palavras-chave que sintetizam o sentido de integridade, as quais serão instaladas nos degraus de acesso ao Centro Administrativo São Sebastião e nos elevadores da Prefeitura. São elas: ética, dignidade, justiça, lealdade, igualdade, responsabilidade, transparência, diversidade, honestidade e gentileza.

 

– Uma sociedade íntegra só é possível por meio do engajamento de cada pessoa e instituição. É dever de todos o compromisso com uma conduta ética em nosso dia a dia. Juntos, podemos e devemos fazer do Rio a capital da integridade. O desafio é grande, mas o empenho em fazer o que precisa ser feito é ainda maior – afirma o secretário municipal de Governo e Integridade Pública, Marcelo Calero.

 

A Jornada se insere no contexto do Programa Carioca de Integridade e Transparência – Rio Integridade, criado este ano com o objetivo de efetivar práticas de transparência, governança, conformidade e gestão de dados. Dentro do programa, a Segovi já lançou ações como a Central Anticorrupção, serviço de recebimento de denúncias de irregularidades contra a administração pública, acessada por meio dos canais do 1746, e o Painel Estatístico da Lei de Acesso à Informação (LAI), ferramenta de divulgação espontânea na internet das estatísticas de atendimento relacionadas a esta lei federal, no âmbito carioca. O acesso ao painel pode ser feito pelo Portal da Transparência do Município (transparencia.rio).

Além disso, a Segovi instituiu um conjunto de novas regras para contratações, designações e nomeações para cargos, funções e empregos no município do Rio, de modo a coibir situações que possam configurar nepotismo, conflito de interesses e improbidade administrativa, entre outras possíveis irregularidades. Também foram criados o Protocolo de Avaliação de Integridade e Transparência (Pait), que estabeleceu novas diretrizes para o relacionamento entre a Prefeitura e seus fornecedores e colaboradores externos, e a Comissão de Integridade Pública, cujo objetivo é contribuir para a cultura de integridade e transparência na administração do Rio.

 

– Para a consolidação de uma cultura de integridade, nas organizações e na sociedade, é essencial a união de esforços, pois cada atitude importa para o alcance desse objetivo. Ao potencializarmos a visibilidade do tema, possibilitamos que uma parcela cada vez maior da sociedade entenda a sua relevância e debata sobre como pode contribuir para a sua disseminação em seus locais de trabalho e nas cidades, firmando um amplo pacto pela integridade – declara o Subsecretário de Integridade Pública, Demis Ferreira.

  • 9 de dezembro de 2021
  • Skip to content