Prefeitura resgata 40 cães confinados em apartamento na Tijuca e inicia campanha de adoção pelo WhatsApp 99399-3968

Publicado em 11/08/2020 - 15:33 | Atualizado em 12/08/2020 - 09:00
Quem estiver interessado em ganhar um amigo de quatro patas deve enviar mensagem para o WhatsApp 99399-3968

A Prefeitura do Rio, por meio da Subsecretaria municipal de Bem-Estar Animal (Subem), e em parceria com a Comissão de Defesa dos Direitos do Animais da Câmara de Vereadores, resgatou 40 cães que viviam confinados num apartamento de cerca de 80 metros quadrados na Tijuca, Zona Norte do Rio. No apartamento, inadequado para abrigar tantos animais, mora uma senhora aposentada de 66 anos, com características de acumuladora. Os cães são de médio e grande portes, com raças indefinidas. Entre eles havia 13 filhotes. Todos serão encaminhados para lares temporários e adoção, conforme surjam interessados em ajudar.

– Eles precisam de um lar, e os interessados podem entrar em contato com nosso WhatsApp: 99399-3968, precisamos acolher esses animais, a Fazenda Modelo está lotada, precisamos de famílias para esses cães – disse o subsecretário de Bem-Estar Animal, Roberto de Paula.

O vereador Luiz Carlos Ramos Filho, presidente da comissão da Câmara que atua em defesa dos animais, reforçou o apelo para que pessoas se ofereçam para ficar com os bichinhos, e reforçou a importância da castração:

– Conseguimos logo de imediato, ajuda da Ong Casa de Lázaro, do Randel Silva, inclusive entre vizinhos do apartamento, lares temporários para 22 cães. Precisamos que todos tenham onde ficar, e para isso contamos com mais candidatos a abrigá-los por um tempo ou adotá-los. Segundo a proprietária, ela não castrou os animais e foram se procriando, ela adotou os primeiros adultos e sem castração! Por isso reforço o apelo, castre, a castração é um ato de amor! Doe, animais castrados! – afirmou.

Equipes da Subem e da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente foram acionadas pelo vereador Luiz Carlos Ramos Filho após denúncia encaminhada à comissão da Câmara. Os animais foram submetidos a exames veterinários após o resgate. Eles não tinham sinais de maus tratos ou desnutrição. Os filhotes é que aparentavam necessitar de maiores cuidados veterinários. O ambiente em que estavam, porém, com pouco espaço, mau cheiro e sem condições adequadas de higiene, não estava de acordo com o que se recomenda para a manutenção e a promoção da saúde dos bichos.

 

 

Os 40 cães viviam num apartamento pequeno na Tijuca: condições inadequadas. Foto: Subem / divulgação

 

 

Quem estiver interessado em ganhar um amigo de quatro patas deve enviar mensagem para o WhatsApp 99399-3968. Foto: Subem / divulgação

 

 

Quem estiver interessado em ganhar um amigo de quatro patas deve enviar mensagem para o WhatsApp 99399-3968. Foto: Subem / divulgação