Subsecretaria de Políticas para a Mulher participa do I Fórum de Inteligência Emocional

Publicado em 28/03/2019 - 22:35 | Atualizado em 28/03/2019 - 22:41

Subsecretária de Políticas para a Mulher, Joyce Braga, dá palestra no I Fórum de Inteligência Emocional

A coordenadora da Obra Social Abrace o Rio e a primeira-dama do município do Rio de Janeiro, Sylvia Jane Crivella, promoveram, na quarta-feira , o Fórum de Inteligência Emocional da Mulher 2019.

O evento foi realizado no Othon Palace Hotel, em Copacabana, Zona Sul da cidade e aconteceu de 8h às 19hs. A renda foi integralmente revertida para a Casa de Apoio à Criança com Câncer.

Dezesseis mulheres, especialistas em diversas áreas de atuação profissional palestraram durante todo o dia e abordaram temas como: “Mulheres Vitoriosas e o Pensamento Positivo”, com Kátia Freire, “O Reflexo da Organização para o Bem Estar da Vida”, com Viviane Prestes, entre outras apresentações. Centenas de participantes passaram pelo Fórum, que arrecadou R$ 14 mil reais para doação.

A subsecretária de Políticas para a Mulher, da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SMASDH), Joyce Braga foi uma das palestrantes. Ela falou sobre equilíbrio emocional e relacionamentos saudáveis.

Joyce ficou bastante feliz em participar do encontro. “A palestra foi muito importante, pois nela falamos de relacionamento saudável e dentro dessa questão citamos o relacionamento abusivo”.

Com uma forma lúdica através de um vídeo, a subsecretária demonstrou como é um comportamento abusivo. Segundo a subsecretária, ele vai crescendo gradativamente e tirando a liberdade da mulher, a autonomia e a desqualificando, acabando com a autoestima, o que geralmente acarreta agressões físicas e tentativa de feminicídio.

Joyce disse ainda que vale destacar a importância da rede de apoio. “A rede precisa ser construída a favor da mulher, é preciso que exista intervenção da família mesmo que não se aprove o relacionamento, pois a mulher precisa estar em grupos que fortaleçam sua autoestima, a cuidar dela e mantê-la acolhida” – conclui.

  • 28 de março de 2019