SMASDH atende 2.374 famílias atingidas pelas chuvas na cidade

Publicado em 06/03/2020 - 18:00 | Atualizado em 12/03/2020 - 11:18
Foto: Wanderson Cruz / Prefeitura do Rio

Desde o dia 29/02, a Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SMASDH) tem trabalhado intensamente para conter os danos das fortes chuvas que atingiram a cidade do Rio de Janeiro. Desde então, a pasta vem realizando ações para a população afetada, como atendimento às famílias em situação de vulnerabilidade, entrega de insumos, cadastramento para viabilizar o acesso aos benefícios e recursos assistenciais.

Os números refletem a atuação da secretaria que, até o momento, atendeu 2.374 famílias durante o período. Conforme mapeamento, 554 famílias foram desalojadas e seis desabrigadas. Além disso, foram entregues pelas equipes da SMASDH 742 cestas básicas, 189 colchonetes, 136 garrafas de água, 14 mantas/cobertores e 40 kits de higiene pessoal.

A 2ª CASDH atendeu sete famílias na área da Tijuca/Muda. O local, que teve índice pluviométrico de 171,2 mm, contabilizou três famílias desalojadas e nenhum desabrigado. Já a 4ª CASDH fez 32 atendimentos na região de Jardim América, que teve 25 famílias desalojadas. Ao todo, 26 cestas básicas foram doadas. A área foi afetada com 89, 2 mm de chuva. Em Guadalupe e entorno, 206 famílias receberam atendimento da 5ª CASDH. Não houve desabrigado e o número de desalojados foi de 206. A população do local recebeu 145 cestas básicas, 53 colchonetes, 36 garrafas de água e 40 kits de higiene. O índice pluviométrico foi de 117,4 mm.

Na região da Pavuna, 373 famílias foram atendidas pela 6ª CASDH. Os números de desalojados contabilizaram 54. O volume de chuva do local foi de 186,6mm. Pela 7ª CASDH, 200 famílias receberam atendimento na área de Jacarepaguá, 55 foram desalojadas e quatro desabrigadas. 95 cestas básicas e 67 colchões foram entregues na localidade, que teve um índice pluviométrico de 171 mm.

A 8ª CASDH atendeu 673 famílias na região de Realengo. Com as chuvas que atingiram 199 mm, foram 59 famílias desalojadas e uma desabrigada. Já a 9ª CASDH, entregou 104 cestas básicas, duas caixas de copos de água, 14 mantas e nove colchonetes, durante os 281 atendimentos realizados. Nenhuma família esteve desabrigada, entretanto, 42 foram desalojadas. O local teve um índice de 162,4 mm de chuva.

A 10ª CASDH assistiu a 602 famílias, com doação de 337 cestas básicas, 100 garrafas de água, 60 colchonetes e dois cobertores. A área teve o maior volume de chuva, que chegou a 209,2 mm. 268 famílias estiveram em situação de desalojamento e apenas uma desabrigada. As áreas mais afetadas pelas chuvas na cidade foram Tijuca, Jardim América, Acari, Taquara, Realengo, Campo Grande e Santa Cruz.

As equipes da SMASDH permanecem de plantão 24h, monitorando todas as áreas de risco e atuando nos alojamentos, pontos de apoio e doação instalados em toda a cidade.

  • 6 de março de 2020