Secretário João Mendes é homenageado com Medalha Pedro Ernesto

Publicado em 29/06/2019 - 19:20 | Atualizado em 29/06/2019 - 21:59

O secretário municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, João Mendes de Jesus, recebeu, no Plenário da Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro, a Medalha Pedro Ernesto, a principal comenda que o povo carioca oferece, por meio do Parlamento, a quem se destaca na sociedade, por intermédio de seu trabalho e atuação como cidadão dedicado ao desenvolvimento do município.

A Casa estava lotada e a cerimônia precisou ser transmitida também através de telões em espaços apropriados distribuídos pela Câmara. O clima era de alegria e satisfação entre familiares, correligionários, amigos e companheiros de trabalho, que fizeram questão de cumprimentar o secretário João Mendes Jesus.

O coral da Igreja Missionária Vida Nova se apresentou com canções que emocionaram ainda mais os presentes, com melodias clássicas, que levaram aos presentes um ambiente de solidariedade.

A comenda foi concedida pelo vereador Tiãozinho do Jacaré, que estava feliz com a ocasião. “Agradeço a Deus por mais esta oportunidade de conceder a honraria máxima desta Casa de Leis ao amigo e secretário. Amigo João, você merece esta homenagem em que também comemoramos o Dia do Pastor e estendemos esta cerimônia a todos os pastores da cidade do Rio de Janeiro.
Obrigado por você ser este homem simples, amigo e que busca sempre o melhor para o próximo” – disse o vereador.

Ao receber a medalha e o diploma João Mendes falou sobre a solenidade. Nordestino, do interior da Bahia, ele decidiu ir para a cidade grande em busca de uma vida melhor e relembrou sua trajetória de vida, fazendo uma homenagem ao pai, Alexandre de Jesus, falecido este ano.

“O meu pai foi neto de escravo e sempre nos ensinou a estudar para crescer na vida. Meus irmãos e eu seguimos este conselho. Saí do interior e fui para a cidade grande com a ajuda de minha irmã e minha tia. Trabalhei como faxineiro, entregador de marmita e pintor de paredes. Estudei muito, servi ao Exército, fiz quatro concursos para carreiras públicas que desejava muito passar e não consegui, não passei nas provas, mas não desisti. O vencedor é aquele que não desiste. No quinto concurso, eu passei e em seguida me estabilizei na Embratel, onde consegui um bom salário. Foi quando eu conheci a Igreja Universal e decidi largar tudo para servir o Exército de Cristo. Agradeço muito ao bispo Edir Macedo, ele foi a minha inspiração. Como ele, eu acreditei em Deus e larguei tudo para servir ao Senhor Jesus” – disse João Mendes.

A Mesa foi composta pelo bispo presidente da Igreja Missionária Vida Nova, Renato Trinxet, pelo líder da Igreja Renascer em Cristo no Rio de Janeiro, Antônio Abbud, pelo pastor presidente da Igreja Batista Renovo em Padre Miguel, Gílson Araújo Filho, e Terezinha Mendes de Jesus, irmã do homenageado.

Além dos componentes da Mesa, homenagearam o secretário da tribuna da Câmara o subsecretário executivo da SMASDH, Alessandro Costa, seu filho, o advogado Filipe Mendes, sua irmã Terezinha Mendes e a subsecretária de Políticas para a Mulher,  do município do Rio, Joyce Braga.