Orquestra nas Escolas encanta com Epopeia Nordestina na Cidade das Artes

Publicado em 11/04/2019 - 18:22 | Atualizado

Mil e quatrocentos alunos das escolas da Prefeitura do Rio estrearam nesta quarta-feira (10/04) a temporada de concertos da Orquestra Sinfônica Juvenil Carioca (OSJC), projeto da Secretaria Municipal de Educação e que agora conta com a parceria do aplicativo Uber. Os músicos se apresentaram na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca, com a participação especial do cantor Moraes Moreira.

Inspirada na literatura de João Cabral de Melo Neto, Ariano Suassuna e Graciliano Ramos, “Epopeia Nordestina: Uma Sinfonia de Amor e Dor”, a OSJC se apresenta também nesta quinta-feira 11 de abril, às 18h30, no mesmo local.

A opereta retrata a riqueza e diversidade do povo nordestino, que representa uma grande inspiração para todos os brasileiros, com capacidade infinita de transformação e superação. O concerto é dividido em três atos. No primeiro, são relatadas as dificuldades naturais, a seca, a saga de retirantes e a fé da população, tão bem narradas nas obras de Suassuna, Graciliano e João Cabral.

O segundo ato traz a estética do Movimento Armorial (que buscou criar arte erudita a partir de elementos regionais) e da literatura de cordel, que se inspira na tradição medieval e na comédia. É nessa hora que surgem personagens conhecidos de todos nós: Lampião, Maria Bonita, Padre Cícero e outros.  Por fim, o terceiro ato encena a festa, as danças e a alegria do povo nordestino.

Desenvolvido pela SME, o Programa Orquestra nas Escolas foi criado em 2017 e tem o objetivo de formar 80 mil músicos até 2020, por meio do estudo, da prática e da vivência musical. Em menos de dois anos, o programa já beneficia 11 mil estudantes da rede municipal de ensino, espalhados por 51 escolas. Além das aulas nas instituições de ensino, o projeto conta com 13 formações musicais, entre elas a Orquestra Sinfônica Juvenil Carioca (OSJC).

O Secretário de Assistência Social e Direitos Humanos, João Mendes de Jesus, comentou sobre o evento. “Fico emocionado com este tipo de ação. É maravilhoso ver o investimento em nossas crianças e jovens. A arte pode transformar vidas. Parabenizo a Secretaria de Educação pelo belíssimo trabalho” — diz.

Texto com informações da SME

  • 11 de abril de 2019