Operação Intensiva em Copacabana presta assistência à população em situação de rua

Publicado em 11/07/2019 - 15:19 | Atualizado em 11/07/2019 - 15:34

A Operação Intensiva de Abordagem Social, em Copacabana, coordenada pela SMASDH e iniciada a partir do dia 27/06, resultou na abordagem de 929 pessoas em situação de rua pelas equipes da SMASDH. Deste total, 247 foram encaminhadas para a rede socioassistencial e três pessoas para a área da saúde. Nenhum dos abordados aceitou o acolhimento social nos abrigos da Prefeitura.

A ação teve repercussão positiva entre os moradores, que vinham reclamando da presença de usuários de drogas entre as pessoas em situação de rua. A operação contou com apoio da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) e com as participações da Superintendência da Zona Sul, Comlurb, Guarda Municipal e policiais militares do Programa Rio+Seguro. Após mais de uma semana com a operação intensiva, a SMASDH fará uma avaliação dos resultados e já planeja o mesmo tipo de abordagem intensiva no Centro da Cidade.

“Verificamos que havia necessidade de intensificar as operações de abordagem diante de um quadro que se agravou com a situação econômica do País. O Rio de Janeiro foi, praticamente, o último estado a entrar em crise e, por conta disso, estamos apresentando uma reação tardia a esse problema que afetou todo o Brasil” – afirma o secretário da SMASDH, João Mendes de Jesus. Os grandes eventos, como a Olimpíada e a Copa do Mundo, lembra o secretário, atraíram um grande número de pessoas para a cidade, mas após essa boa fase as oportunidades praticamente se extinguiram.