João Mendes vai à Câmara e informa sobre proposta orçamentária de 2019

Publicado em 04/12/2018 - 17:47 | Atualizado em 08/03/2019 - 16:04

O secretário municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, João Mendes de Jesus, reuniu-se na terça (4) com os vereadores na Câmara Municipal, para discutir a proposta orçamentária de 2019. “A crise que passamos não é apenas municipal, mas nacional. Todo o País está passando por grandes dificuldades e essa situação tem reflexos sobre o orçamento” — afirma o secretário, lembrando que a redução dos recursos vem ocorrendo desde 2014.

João Mendes ressaltou ainda durante o encontro que, apenas de 2017 para este ano, a diminuição dos recursos municipais sofreram uma diminuição de cerca de R$ 3 bilhões. O secretário informou ainda aos vereadores que a adequação do Código Social, que está sendo feita pela SMASDH junto com o Instituto Pereira Passos, deverá ser concluída em meados de janeiro. O secretário afirmou que as mudanças preveem uma reavaliação do índice do cartão do Programa Família Carioca e a efetiva necessidade das famílias cadastradas, mas ele negou que haverá cortes.

O secretário explicou ainda a diferença dos recursos para serviços continuados prestados pela SMASDH, que neste ano deverão totalizar R$ 60 milhões e em 2019 deverão aumentar para R$ 67 milhões, conforme encaminhada pela Secretaria, o que poderá representar um incremento de 12,7% de aumento.

O secretário disse ainda aos vereadores que a cidade teve um período excepcional de desenvolvimento entre 2014 e 2015. No entanto, ressaltou João Mendes, a SMASDH não recebeu nenhum recurso para que pudesse fazer a manutenção adequada de seus equipamentos. “Agora estamos com toda essa dificuldade por conta de questões econômicas e orçamentárias, mas estamos lutando para conseguir mais recursos para fazermos a recuperação desses equipamentos” – disse ele.

  • 4 de dezembro de 2018