João Mendes recebe chineses para discutir políticas de assistência social

Publicado em 18/09/2019 - 19:48 | Atualizado

O secretário de Assistência Social e Direitos Humanos, João Mendes de Jesus, a subsecretária de Proteção Especial, Danielle Murtha, e a subsecretária de Proteção Social Básica, Rita Valéria, receberam na tarde de hoje doze representantes de províncias chinesas que desenvolvem políticas públicas de assistências sociais na China, com a finalidade de discutir as práticas do serviço público nos dois países.

A China tem a meta de erradicar a pobreza até o final de 2020. Atualmente, existe cerca de 16 milhões de pessoas em situação de pobreza no país, sendo que o governo chinês considera que famílias que vivem com 50 dólares de renda per capita estão em vulnerabilidade econômica e por isso necessitam de assistência social.

O país tem trabalhado para o fortalecimento da economia, bem como para oferecer proteção social à população mais carente.

“A China e o Brasil são países que estão em desenvolvimento. Esta visita ao Rio irá nos ajudar a conhecer as práticas aplicadas aqui e aprender novas medidas que nos servirão de inspiração para melhorar o atendimento ao público no nosso país” – afirmou o chefe da delegação Wei Daxue.

Durante a reunião, foram explanadas diversas ações da Política de Assistência Social aplicadas no município do Rio de Janeiro, como CadUnico, Bolsa Família, Cartão Família Carioca, Benefício de Prestação Continuada, e também sobre políticas para assegurar moradia de baixo valor para as classes menos favorecidas, a exemplo do Programa Minha Casa Minha Vida.

O secretário agradeceu a visita da delegação e recebeu convite para visitar a China. “Eu fico muito honrado em receber vocês aqui no Rio de Janeiro. A Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SMASDH) está à disposição para cooperar na troca de ideias sobre os serviços públicos prestados, a fim de melhorar cada vez mais a qualidade de vida das pessoas que precisam da política de assistência social” – afirma João Mendes de Jesus.