Ordem Pública apreende ônibus de sacolão itinerante flagrado com alvará falso

Publicado em 04/06/2021 - 20:38 | Atualizado
Veículo apreendido no Flamengo por agentes da Seop - Divulgação / Prefeitura do Rio

A Secretaria de Ordem Pública (Seop) apreendeu na manhã desta sexta-feira (04/06) um ônibus que prestava serviço de sacolão itinerante utilizando alvará de funcionamento falso. O veículo estava na Praça Cuauhtemoque, no Flamengo, Zona Sul do Rio, com 2,7 toneladas de alimentos. O material foi apreendido e doado para famílias de Rio das Pedras, desabrigadas após o desabamento de um prédio. A entrega ocorreu numa ação conjunta com a Secretaria Especial de Ação Comunitária (Seac).

Agentes da Coordenadoria de Fiscalização de Estacionamentos e Reboques (CFER) foram acionados para verificar denúncia registrada por cidadão na Central 1746 sobre um ônibus que estava estacionado irregularmente na praça. Após chegada da fiscalização ao local, o responsável, um homem de 50 anos, apresentou um alvará de funcionamento que, após checagem nos sistemas da Prefeitura, ficou comprovado que era falso.

O homem foi conduzido para a 9ª DP (Catete), onde o foi autuado por uso de documento falso, crime com pena prevista de reclusão de dois a seis anos, e multa. Na delegacia, ele informou que pagou R$ 5 mil pelos documentos para exercer a atividade de forma ilegal. O ônibus foi removido e levado para o depósito público.

Um caminhão da Coordenadoria de Controle Urbano (CCU) foi utilizado para levar os alimentos até a comunidade. Guardas municipais do Grupamento de Operações Especiais (GOE) deram apoio a ação. Entre os alimentos apreendidos no ônibus, havia frutas, legumes, hortaliças, além de biscoitos, ovos, grãos e doces.

  • 4 de junho de 2021