Projeto A Mágica da Reciclagem transforma plástico em brinquedos para praças

Publicado em 11/12/2019 - 17:54 | Atualizado em 12/12/2019 - 11:01
Um dos brinquedos feitos com material reciclado que equipam praças públicas, montado nos jardins do Palácio da Cidade. FOTO: Hudson Pontes/Prefeitura do RioUm dos brinquedos feitos com material reciclado que equipam praças públicas, montado nos jardins do Palácio da Cidade. FOTO: Hudson Pontes/Prefeitura do Rio

Praças públicas ganharão brinquedos reciclados de plástico, graças à parceria firmada nesta quarta-feira, 11 de dezembro, no Palácio da Cidade, entre a Comlurb e a Obra Social Abrace Rio, coordenada pela primeira-dama do município, Sylvia Jane Crivella. O projeto Mágica da Reciclagem, fruto dessa união, também vai gerar emprego e renda para a cooperativa de catadores de Irajá, na Zona Norte.

A iniciativa integra o Rio Novo Olhar, programa da Comlurb que revitaliza espaços públicos degradados, reunindo órgãos da Prefeitura e a iniciativa privada.

 

Brinquedo feito com material reciclado para praças públicas, montado no jardim do Palácio da Cidade. Foto: Hudson Pontes/Prefeitura do Rio
Brinquedo feito com material reciclado para praças públicas, montado no jardim do Palácio da Cidade. Foto: Hudson Pontes/Prefeitura do Rio

 

Nesta nova etapa, haverá uma campanha de conscientização para aumentar o recebimento de embalagens plásticas de produtos de limpeza (como amaciantes, sabão e alvejantes) e tampinhas de plástico (de refrigerantes, sucos e água). O material arrecadado será levado para a cooperativa de catadores, que fará a separação e comercializará os produtos.  O plástico recolhido será transformado em brinquedos para praças públicas da cidade.

– As pessoas vão poder ajudar ao próximo sem gastar nada, usando itens que seriam jogados fora. É uma verdadeira corrente do bem. Esperamos que essa campanha cresça e se multiplique – disse a primeira-dama.

Paulo Mangueira, Presidente da Comlurb,  está confiante com essa nova campanha.

– Com o aumento do recolhimento de materiais, vamos poder levar ainda mais mobiliários urbanos e brinquedos para áreas que precisam, além de ajudar mais famílias que dependem desses resíduos recicláveis. Mas tudo depende da colaboração e boa vontade da população. Então, vamos colaborar! – enfatizou.

A madeira plástica tem muitas vantagens sobre a natural, como durabilidade, impermeabilidade, resistência à pragas e baixa manutenção dos equipamentos instalados em ambientes abertos.