Gestões do Parque Garota de Ipanema e da área do entorno do canal do Jardim de Alah serão definidas em 30 dias

Publicado em 27/03/2019 - 15:50 | Atualizado em 27/03/2019 - 15:40
  • Início/
  • /
  • Gestões do Parque Garota de Ipanema e da área do entorno do canal do Jardim de Alah serão definidas em 30 dias

Decretos do prefeito Marcelo Crivella, no Diário Oficial desta quarta-feira (27/03), criam dois grupos de trabalho para elaboração de termos de referência e projetos em nível de estudos preliminares visando à gestão e utilização do Parque Garota de Ipanema, na Rua Francisco Otaviano, e da área no entorno do canal do Jardim de Alah. Essas ações deverão ser definidas no prazo de até 30 dias.

Coordenadas pela Subsecretaria de Patrimônio Imobiliário da Secretaria Municipal de Fazenda, as comissões serão formadas por seus representantes, os do Gabinete do Prefeito e os de outros órgãos municipais: secretarias de Urbanismo e de Ordem Pública, Instituto Rio Patrimônio da Humanidade, subsecretarias de Meio Ambiente e de Licenciamento, Fiscalização e Controle Urbano, além da Fundação Parques e Jardins, no caso de estudos para gestão e utilização do Parque Garota de Ipanema.

No caso de estudos para gestão da área no entorno do canal do Jardim de Alah, a composição do grupo de trabalho será acrescida dos representantes da Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb) e da Fundação Instituto das Águas do Município do Rio de Janeiro (Rio-Águas), totalizando nove integrantes.

Além desses participantes, servidores de outros órgãos da Prefeitura, do Estado e da União poderão ser convidados à formação das comissões, também com representantes da sociedade civil.

Na justificativa, ao lembrar a importância do Parque Garota de Ipanema como um dos principais pontos turísticos da cidade, inserido na área que deu ao Rio de Janeiro o título de Patrimônio da Humanidade por sia Paisagem Natural, concedido pela Unesco, o decreto destaca as melhorias necessárias “para compatibilizar a conservação da natureza com uso sustentável de seus recursos naturais”.

Categoria: Cidade

27 de março de 2019