Fim de semana de Carnaval tem mais de 2 milhões de foliões nos blocos do Rio

Publicado em 23/02/2020 - 19:57 | Atualizado em 24/02/2020 - 19:54
Fãs dos Beatles se divertiram no Bloco Sargento Pimenta. Foto: Fernando Maia/ Riotur
O Domingo de Carnaval começou animado com a previsão de 54 desfiles de blocos na cidade, e os foliões não decepcionaram. Cerca de 1,4 milhão de pessoas já foram às ruas para se divertir na maior festa do mundo. Com estes números, o fim de semana já soma quase 2,5 milhões de cariocas e turistas brincando carnaval.
Blocos de carnaval
No aterro do Flamengo, o Bangalafumenga reuniu 500 mil pessoas em torno do palco. Já no Leblon, quem assumiu a festa foi o bloco Areia que arrastou 385 mil pessoas. O tradicional Boitatá fez sua apresentação num palco no Centro do Rio animando 80 mil foliões. O TocoXona no Flamengo com toda sua diversidade animou 25 mil foliões. O Simpatia é Quase Amor realiza seu segundo desfile pelas ruas de Ipanema e o Toca Raul anima os fãs de Raul Seixas na praça Tiradentes no fim da tarde.
Esta noite ainda tem desfile do grupo especial na Marquês de Sapucaí. A partir das 21h30, sete escolas atravessam a passarela do samba, são elas: Estácio de Sá, Viradouro, Mangueira, Paraíso do Tuiutí, Grande Rio, União da Ilha e Portela.
Comlurb remove 48,9  toneladas  de resíduos de blocos e Sambódromo 
A Comlurb removeu 34,9 toneladas de resíduos no Sambódromo, durante a noite de sábado e a manhã de domingo, sendo 25,5  toneladas de resíduos na parte interna –  23,6 de lixo  orgânico e 1,9 tonelada de materiais potencialmente recicláveis. Na área externa da Passarela do Samba, o total de lixo recolhido foi de 9,4 toneladas na manhã deste domingo. O palco está limpo e preparado para receber o público na primeira  noite dos desfiles do Grupo Especial.
A Companhia  removeu, até as 17h, 14 toneladas de resíduos dos blocos de rua que saíram neste domingo, sendo 4,3 toneladas no Bangalafumenga, e 3,1 toneladas no Areia. Na área da Intendente Magalhães, em Campinho, foram retiradas 7,5 toneladas de resíduos neste domingo.
As equipes do Lixo Zero voltaram às ruas. Foram emitidas, até as 17h, 167 multas nos blocos Areia e Bangalafumenga, todas por urinar em vias públicas, no valor de R$ 607,54. A Companhia já registrou 640 infrações, sendo 581 por urinar em local impróprio e 59 por descarte irregular (R$ 221,75 cada), desde o pré-carnaval.
115 atendimentos médicos em blocos de rua
Os postos médicos da SMS que prestam atendimentos aos blocos de rua, localizados em Copacabana, Ipanema, Largo da Carioca e Ana Amélia, realizaram 115 atendimentos neste domingo, até às 18h. Quatro pessoas precisaram ser removidas para unidades da rede hospitalar.
A Secretaria Municipal de Saúde atua durante todo o período de carnaval com ações de assistência no Sambódromo e no Carnaval de Rua, de prevenção como vacinação contra o sarampo e orientação sobre infecções sexualmente transmissíveis e Aids com distribuição de preservativos e de fiscalização da Vigilância Sanitária

Quase 3 mil abordagens da SMASDH
Equipes da Assistência Social e Direitos Humanos fizeram 2.958 abordagens para distribuição de material informativo e 619 pulseiras de identificação para crianças e adolescentes acompanhados dos pais até a madrugada deste domingo(23). O espaço Espaço de Proteção de Crianças e adolescentes está recebendo crianças de 2 a 11 anos e 11 meses, em situações que violam seus direitos. Funcionará até terça-feira (25/02) e sábado (29/02), das 18h às 6h. O horário muda só dia 24: das 16h à meia-noite. Na 1ª Coordenadoria de Assistência Social e Direitos, Praça Onze.
Seop remove 267 veículos
A Coordenadoria de Fiscalização de Estacionamentos e Reboques (Cfer), vinculada à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), removeu, até as 17h, 267 veículos em toda a cidade. Deste total, 78 remoções ocorreram em áreas de passagem de blocos carnavalescos e entorno do Sambódromo.
Desde sexta, dia 21, início da Operação Carnaval, a Cfer rebocou 734 automóveis (sendo 124 em pontos de blocos e Sambódromo) e registrou 32 infrações em áreas de estacionamento da cidade. Para o carnaval, o órgão atua com 40 reboques em pontos estratégicos e no atendimento ao canal 1746.
Informações sobre veículos removidos: http://www.rio.rj.gov.br/web/seop/exibeconteudo?id=6840042
Licenciamento, Fiscalização e Controle Urbano
Neste domingo (23/02), a Subsecretaria de Licenciamento, Fiscalização e Controle Urbano, da Secretaria Municipal de Fazenda, realiza operação de ordenamento em diversos blocos de carnaval na cidade. A Coordenadoria de Controle Urbano (CCU) apreendeu 2 credenciais de promotores de venda não cadastrados pela Dream Factory nos blocos Bangalafumenga e Areia. As ações também resultaram na apreensão de 520 quilos de alimentos perecíveis. Desde o início do carnaval, a CCU apreendeu 2717 itens como botijões de gás e bebidas alcoólicas comercializadas em garrafas de vidro, item proibido por lei nos blocos de carnaval.
A Coordenadoria de Licenciamento e Fiscalização (CLF) atuou nos principais blocos do Centro, Zona Oeste e Zona Sul do Rio. A Coordenadoria teve como foco a fiscalização de publicidade não autorizada e o marketing de emboscada. Foram identificadas publicidades e ações promocionais irregulares no Areia, Bangalafumenga, Laranjada Samba Clube, Banda do Bairro Peixoto e Banda do Recreio. Os quiosques da orla da Barra e Recreio foram fiscalizados e não foram encontradas irregularidades. A CLF também fiscalizou estabelecimentos comerciais no Leblon e na Cinelândia, que foram notificados por ocupação irregular de calçada.
Vigilância Sanitária fiscaliza 23 blocos durante o dia
A Subsecretaria de Vigilância Sanitária do Rio inspecionou mais 23 blocos em diversos bairros da cidade. Realizadas por técnicos das coordenações de Fiscalização Sanitária, de Saúde e de Alimentos, as ações resultaram em 21 infrações, 15 delas por ausência de licença sanitária de veículos e até para a realização do evento, cinco por equipe incompleta (no Tudo ou Nada, no Toco Xona e três no Bangalafumenga) e uma por falta de posto médico (Toca Raul). Somando aos números das inspeções feitas desde sexta-feira, 21, a Vigilância Sanitária fiscalizou em três dias 63 blocos, com um total de 37 infrações, a maioria por falta de licença sanitária.
Guarda Municipal
A Guarda Municipal do Rio atuou em diversas ações de ordenamento urbano e de controle e fiscalização de trânsito em apoio aos blocos de Carnaval em todas as regiões da cidade, para promover segurança aos foliões, orientar motoristas e pedestres e auxiliar turistas nacionais e estrangeiros.
As equipes atuaram no “Bangalafumenga”, no Aterro do Flamengo, “Princesinha do Recreio, no Recreio dos Bandeirantes, “Cordão do Boitatá”, no Centro, “Simpatia é Quase Amor”, em Ipanema, “Bloco Areia”, no Leblon, entre outros.
Eventos
A Secretaria Municipal de Eventos flagrou um bloco não autorizado desfilando por várias ruas do Centro – o Boi Tolo. Todo o trajeto do bloco foi acompanhado e registrado pelas câmeras do Centro de Operações. Os responsáveis pelo bloco já estão sendo identificados pelo Serviço de Inteligência da Prefeitura e serão multados pela Comlurb, de acordo com a quantidade de lixo gerada. É importante ressaltar que, por se tratar de um bloco não autorizado, não teve a presença de guardas municipais ou da PM. O secretário Felipe Michel ressalta a importância de não aderir a blocos que não foram autorizados pela RioTur.
– Estamos fazendo um trabalho sério, de planejamento, com todos os órgãos integrados, para dar segurança ao folião, e esse tipo de bloco acaba com tudo isso. Ele fechou vias importantes, um túnel e até o trilho do VLT, prejudicando a mobilidade da população. Os responsáveis serão multados – disse o secretário Felipe Michel.
CET-Rio
A operação de trânsito conta com o efetivo 260 operadores .Os fechamentos do Sambódromo e blocos ocorreram sem maiores transtornos.

Rio em Estágio de Mobilização
O Centro de Operações da Prefeitura do Rio segue em estágio de Mobilização desde as 8h30 de sábado (22/02). Segundo o Sistema Alerta Rio, o transporte de umidade do oceano em direção ao continente ainda pode causar chuva fraca em alguns bairros da cidade. Até o dia 1° de março, o COR contará com Comitê de Operação de Carnaval, que integra os órgãos envolvidos na folia.