Rio ganha primeira Unidade de Desenvolvimento de Economia Solidária

Publicado em 28/12/2021 - 12:47 | Atualizado em 28/12/2021 - 13:58
Unidade voltada à economia solidária - Marcos de Paula / Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio inaugurou nesta terça-feira (28/12) a primeira Unidade de Desenvolvimento de Economia Solidária (UDES) do município. Administrado pela Secretaria Municipal de Trabalho e Renda (SMTE), o espaço será para capacitação, treinamento e aperfeiçoamento de empreendedores cadastrados no programa. O local também receberá reuniões do Conselho Municipal da Economia Solidária (Condensol) e dos Comitês Gestores.

A Unidade de Desenvolvimento de Economia Solidária funciona na Praça da República 139, no Centro do Rio.  Com a abertura, a SMTE espera dar maior visibilidade ao segmento, voltado ao desenvolvimento econômico consciente e sustentável. Criada na primeira gestão do prefeito Eduardo Paes, a Economia Solidária é uma política pública de geração de trabalho, distribuição de renda e inclusão social.  É um setor produtivo que se apresenta como forte alternativa econômica para a redução do desemprego neste período de pandemia.

 

A sede da Unidade de Desenvolvimento de Economia Solidária – Marcos de Paula / Prefeitura do Rio

 

A Unidade de Desenvolvimento de Economia Solidária também abrigará as atividades de produção e comercialização do Circuito Rio Ecosol. Criado em 2014 para a venda de produtos artesanais nos espaços públicos e praças da cidade, hoje o Circuito de Feiras tem um calendário mensal e conta com cerca de 300 artesãos.  Nesses espaços podem ser encontrados trabalhos manuais e arte popular, todos produzidos por artesãos da economia solidária.

 

– A inauguração deste espaço reforça o compromisso da atual gestão municipal na promoção de políticas públicas com foco na geração de trabalho, renda e desenvolvimento sustentável. É meta da secretaria de Trabalho e Renda incentivar o consumo dos produtos e serviços vindos diretos dos artesãos e empreendedores, fortalecendo assim a produção da economia solidária – destacou o secretário de Trabalho e Renda, Sérgio Felippe.

  • 28 de dezembro de 2021
  • Skip to content