Força-tarefa de ordenamento urbano prossegue em ruas do Centro 

Publicado em 04/05/2019 - 17:02 | Atualizado em 06/05/2019 - 12:28
Carro que estava estacionado em local proibido é rebocado em operação da SeopCarros que estavam estacionados em local proibido são rebocados em operação da Seop. Foto> divulgação

A Prefeitura do Rio prossegue neste sábado, dia 4, com as ações de ordenamento iniciadas na última terça-feira no Centro da cidade. Integrada pela Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) em conjunto com as secretarias municipais de Fazenda e da Casa Civil, a operação fiscaliza diversas frentes, tais como: o comércio autorizado e não autorizado, o estacionamento
e transporte irregulares (vans e kombis de passageiros), as normas sanitárias – para aferir os padrões de consumo e da legalidade de mercadorias -, além de realizar a limpeza urbana e acolhimento da população em situação de rua. Ao todo, 110 agentes de diversos órgãos municipais e estaduais participam da força-tarefa, incluindo policiais militares da Operação Centro Presente.

LEIA TAMBÉM: Vigilância Sanitária faz 29 inspeções em três dias de operação no Centro

A fiscalização realizada nesta semana faz parte da primeira fase da operação, contemplando trechos da Presidente Vargas, Rio Branco, Sete de Setembro e Largo de São Francisco de Paula. A partir da segunda-feira, dia 6, a força-tarefa avança para a segunda área do planejamento.

Balanço parcial 

Somente nesta sexta-feira, dia 3, na ação realizada no trecho do Campo de Santana ao Largo da Carioca, 178 veículos foram infracionados por irregularidades no trânsito, 107 deles do transporte complementar de passageiros (vans e kombis); quatro táxis foram lacrados e 24 veículos removidos por estacionamento irregular; um estacionamento foi interditado e uma ligação clandestina de água desfeita. O trabalho integrado resultou ainda em 27 atendimentos à população em situação de rua; apreensão de 1.856 itens do comércio ambulante, com 13 atendimentos a chamados do 1746; e recolhimento demeia tonelada de resíduos sólidos.

Ambulante Legal

O trabalho integrado pela Seop também prepara o Centro para receber dois programas da Prefeitura: o “Ambulante Legal”, da Secretaria Municipal de Fazenda (SMF), que visa organizar e capacitar o comércio de rua; e o “Cuidar da Cidade”, da Secretaria Municipal da Casa Civil, de zeladoria e conservação urbanas.

Órgãos

– Integrada pela Subsecretaria de Operações (Subop) da Seop, a operação envolve ao todo os seguintes órgãos municipais e estaduais: Guarda Municipal (GM-Rio) e coordenadorias de Fiscalização de Estacionamentos e Reboques (CFER) e Especial de Transporte Complementar (CETC), também ligadas à Seop; as coordenadorias de Licenciamento e Fiscalização (CLF) e Controle Urbano (CCU), da Subsecretaria de Licenciamento de Fiscalização e Controle Urbano da SMF; a Subsecretaria Municipal de Vigilância, Fiscalização Sanitária e Controle de Zoonoses (Subvisa); as secretarias municipais de Transportes (SMTR), Assistência Social e Direitos Humanos (SMASDH), Conservação (Seconserva) e Desenvolvimento, Emprego e Inovação (SMDEI), Rioluz, Cet-Rio, Comlurb, Superintendência e Região Administrativa do Centro, Cedae, Light, Secretaria de Estado de Governo (SEGOV – Centro Presente) e Polícias Militar e Civil.