Força-tarefa da Prefeitura amplia ordenamento de Madureira

Publicado em 18/02/2019 - 17:02 | Atualizado em 15/03/2019 - 15:38

A força-tarefa da Prefeitura do Rio para o ordenamento urbano – que prevê o reassentamento de 1.500 camelôs em Madureira -, entra em nova fase a partir desta segunda (18). Coordenada pelas secretarias municipais de Ordem Pública e de Fazenda, a operação que começou na semana passada na área do Mercadão de Madureira, será ampliada para a Estrada do Portela e entorno. Além de promover o ordenamento das ruas, a força-tarefa visa organizar o espaço público e assegurar que as mercadorias oferecidas à população tenham procedência legal. O programa prevê ainda a implantação de políticas públicas da Secretaria de Desenvolvimento, Emprego e Inovação prego e Inovação (SMDEI).

Ampliação de 70% dos camelôs regularizados 

Entre as melhorias, está a implantação do programa Ambulante Legal, que prevê ampliar em 70% o número de camelôs regularizados na região: das atuais 880 vagas existentes para 1.500 assentamentos. Madureira é o quarto bairro – o primeiro, da Zona Norte – a receber a ação, que já está funcionando em Bangu, Campo Grande e Santa Cruz, todos na Zona Oeste. A força-tarefa conta com 15 órgãos municipais e estaduais realizando diversas atividades de fiscalização e conservação.

Integração entre órgãos

Integram a operação a Subsecretaria de Operações (Subop), Guarda Municipal (GM-Rio) e coordenadorias de Fiscalização de Estacionamentos e Reboques (CFER) e Especial de Transporte Complementar (CETC), ligadas à Seop; as coordenadorias de Licenciamento e Fiscalização (CLF) e Controle Urbano (CCU), da SMF; a Subsecretaria Municipal de Vigilância, Fiscalização Sanitária e Controle de Zoonoses (Subvisa); as secretarias municipais de Assistência Social e Direitos Humanos (SMASDH), Conservação e Meio Ambiente (Seconserma), de Desenvolvimento, Emprego e Inovação (SMDEI), e Transportes (SMTR); CET-Rio; Rioluz; Superintendência e Administração Regional de Madureira; Comlurb; Light; e o 9° BPM.

Forças-tarefas começaram pela Zona Oeste

Implantada há três meses, a força-tarefa de ordenamento urbano da Prefeitura começou pelo calçadão de Bangu no dia 5 de novembro, seguindo para o calçadão de Campo Grande (27 de novembro) e Santa Cruz (16 de janeiro), fiscalizando pontos de desordem nos corredores de maior movimento e promovendo o reassentamento de 600 ambulantes: 180 em Bangu, 250 em Campo Grande e 170 em Santa Cruz.

Ação começou na semana passada

A operação integrada de ordenamento urbano de Madureira teve início com ações no dia 11 de fevereiro. Anteriormente, ocorreram vistorias na região, também com outros órgãos da Prefeitura do Rio.