Prefeitura do Rio realiza série de ações em homenagem ao Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+

Publicado em 22/06/2022 - 13:37 | Atualizado em 27/06/2022 - 21:47
Diversos órgãos municipais programaram ações para marcar o Dia do Orgulho LGBTQIA+ - Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio programou uma série de atividades para celebrar o Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+, comemorado na próxima terça-feira (28/6). Neste mesmo dia, em 1969, aconteceu a“rebelião de Stonewall”:  manifestações de membros da comunidade LGBTQIA+ contra a polícia de Nova York. Debates, campanhas de conscientização sobre combate ao preconceito, festivais, feiras e estímulo ao empreendedorismo, além de uma iluminação especial na cidade, farão parte das ações promovidas por diversas secretarias e órgãos municipais.

Secretaria de Governo e Integridade Pública

A Coordenadoria Especial de Diversidade Sexual (CEDS), órgão ligado à Secretaria de Governo e Integridade Pública, já vem desenvolvendo uma série de ações. No início de junho, a CEDS anunciou o Programa Diversidade Qualificada, uma parceria com o Senac para cursos direcionados à população trans. Nos próximos dias, o coordenador Carlos Tuffveson marcará presença em entrevistas, eventos e fará uma apresentação na OAB-RJ, nesta quinta-feira (23/6), participando do painel “Diálogo Fundamental para o enfrentamento à LGBTQIfobia”.

No dia 28, a CEDS estará presente no TriboQ, festival que acontece na Praça Mauá, com temática LGBTQIA+. A CEDS terá um stand no evento, com apoio da equipe do Projeto Garupa. A equipe fará cadastramento da população LGBTQIA+ que precise de acolhimento e de atenção básica de saúde. Também será feita distribuição de material informativo de prevenção à ISTs e do PREP e da PEP. Além disso, no stand estarão disponíveis todos os serviços que a CEDS já oferece, como assistência jurídica e psicológica.

No dia 30, a CEDS lança a campanha de orgulho LGBTQIA+ na Lona de Madureira. A campanha vai consistir em distribuição de folders sobre PREP, sobre as ações desenvolvidas pela CEDS e sobre os serviços que a Prefeitura disponibiliza para apoiar esta população.

Em julho a CEDS realiza ainda outros eventos na Lona Cultural de Realengo e no Circo Voador para reforço da campanha do orgulho LGBTQIA+.

– O 28 de junho marca a primeira vez que a comunidade LGBTQIA+ lutou pelos seus direitos civis. Se temos os mesmos deveres, temos que ter também os mesmos direitos. A importância de celebrar essa data é porque ela provoca a discussão de vários aspectos que estão acontecendo na realidade da comunidade. Como, por exemplo, o aumento de crime de ódio em 36%, o fato de o Brasil ser o país do mundo que mais mata pessoas trans, travestis e homossexuais, como também o aumento, este ano, de agressões a mulheres trans: o número dobrou. Estamos assistindo a uma escalada de ódio e essas datas são importantes para trazer aliados para essa causa. Afinal, ninguém precisa ser LGBT para lutar contra a LGBTQIA+fobia – disse Carlos Tufvesson, coordenador de Diversidade Sexual.

Secretaria Municipal de Saúde

A Secretaria Municipal de Saúde também realiza várias ações no mês do Orgulho Gay. No próximo domingo (26/6), acontece um Ciclo de Debates sobre cuidado integral da população LGBTQIA+ na Atenção Primária à Saúde, no Clube de Engenharia, no Centro. No dia 28, o Projeto Arco-Íris realiza ações de conscientização sobre o tema na Clínica da Família Anthidio Dias da Silveira, no Jacarezinho. O projeto é uma iniciativa da unidade por meio do Programa de Residência de Medicina de Família e Comunidade da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP) e da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). O objetivo da iniciativa é ser porta de entrada para acolhimento e oferta de cuidado integral para a população LGBTQIA+ do Rio, trabalhar para a formação de médicos de família e comunidade competentes para fazer uma abordagem integral que rompa com as violências e preconceitos, além de garantir acesso desse público às unidades de saúde referência.

Riotur

A Riotur e a Secretaria Municipal de Cultura realizam o “Rio em Cores”, ação que envolve dois eventos neste mês de junho, nos bairros da Ilha do Governador e da Lapa. Juntando lazer e prestação de serviços, buscam proporcionar tanto diversão quanto aprendizado.

Na Ilha do Governador, no espaço externo da Areninha Carioca Renato Russo, a Feira das Cores reunirá no próximo sábado (25/6), a partir das 14h, artesanato, alimentação, bazar e tatuagens com a participação de 20 empreendedores da comunidade LGBTQIA+. Enquanto isso, uma programação artística ocupará o palco da Areninha: cinco drag queens se apresentarão, incluindo Fenty Hanna, Lola Swan e Wiggy Nova. Rodas de conversa com a Comissão de Diversidade e Gênero da OAB da Ilha do Governador e entre membros da comunidade discutirão os desafios e conquistas nas áreas da saúde, educação e direitos.

A Feira Cultural Amo Diversidade, que seria realizada domingo (26/6) na Rua do Resende, na Lapa, foi adiada para o dia 10 de julho por conta da previsão de chuva. Assim como na Feira das Cores, além de música ao vivo, empreendedores de diversas áreas participarão do evento.

Símbolo LGBTQIA+, o arco-íris vai caracterizar os Arcos da Lapa, por meio de iluminação a laser, que garante maior impacto e qualidade na visualização. A iluminação acontece nas noites de 24 a 28/6, sendo este último o Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+.

Com os eventos que colocam em destaque a comunidade LGBTQIA+, a Riotur reforça que o Rio está aberto à diversidade e comprometido a combater preconceitos relacionados à orientação sexual e identidade de gênero.

– Por meio da ação Rio em Cores, a cidade do Rio dá mais um passo em direção ao reconhecimento, afirmação, reafirmação e valorização da diversidade, posicionando-se como uma cidade aberta para todos – disse o presidente da Riotur, Bruno Mattos.

Secretaria Municipal de Cultura

A Secretaria Municipal de Cultura promove, nesta sexta-feira (24/6), das 13h às 17h, um evento no MAR com debates sobre “Cultura Queer nos espaços de arte e cultura” e oficinas. Além disso, de quinta a domingo, também de 13h às 17h, a biblioteca do MAR promove um ponto de leitura com um espaço interativo voltado para literatura com temas como acessibilidade e LGBTQIA+.

No dia 25/6, a Secretaria promove ainda, na Arena Carioca Renato Russo, na Ilha do Governador, a “Feira das Cores”, em parceria com a Riotur. Já no Museu de Arte do Rio, durante todo o mês de junho, a cobertura do prédio ficará iluminada com as cores da bandeira LGBTQIA+. A ação é uma parceria com a Câmara LGBT e faz parte do projeto “Circuito Rio de Cores”.

Secretaria Municipal de Fazenda e Planejamento

Mais de 30 servidores que trabalham no atendimento ao contribuinte da Secretaria Municipal de Fazenda e Planejamento participaram, na quarta-feira (8/6), de uma palestra sobre diversidade, com foco nas legislações existentes e em práticas que representam respeito e empatia à população LGBTQIA+. O tema foi debatido por Daniela Murta, da CEDS, da Secretaria Municipal de Governo e Integridade Pública. O treinamento teve como objetivo qualificar o atendimento do servidor, respeitando a diversidade.

– Temos que entender que a diversidade abrange todos nós e, por isso, é importante repensar nossos processos – afirmou Daniela Murta.

Procuradoria Geral do Município

A Procuradoria Geral do Município realiza, no dia em que se comemora o Orgulho Gay (28/6), uma palestra que vai discutir os direitos da população LGBTQIA+. O encontro intitulado de “A igualdade e a proteção dos direitos do cidadão LGBTQIA+ carioca” vai reunir procuradores do município e representantes da Coordenadoria de Diversidade Sexual.

– Esse é o segundo ano em que realizamos um evento voltado para essa temática. Respeitamos a diversidade e entendemos que o debate acerca dos direitos da população LGBTQUIA+ ultrapassa a data, a efeméride e trata-se, sobretudo, de uma questão de direitos humanos – comentou o procurador-geral, Daniel Bucar, que é um dos mediadores do evento.

Para falar sobre o assunto, o procurador e diretor do Centro de Estudos da PGM, Rafael Oliveira, convidou Carlos Tufvesson.

– Quero propor uma reflexão sobre a necessidade da elaboração de leis e, especialmente, o cumprimento das já existentes, voltadas para a proteção de minorias. E não são se tratam de normas de favorecimento, até porque a comunidade LGBTQIA+ luta por igualdade de direitos, e igualdade de direitos só vem com igualdade de oportunidades. Mas, não podemos perder de vista, por exemplo, que essa população LGBT, das minorias, é única expulsa de casa por sermos quem somos, fora os índices altíssimos de violência doméstica – disse Tufvesson.

O evento, que começa às 15h, será realizado de forma presencial para os integrantes da PGM, mas também será transmitido ao vivo para o público externo, que poderá acompanhar a palestra por meio do canal da PGM Rio no Youtube.

Resumo da programação:

23/6, 10h – Carlos Tufvesson participa do painel “Diálogo Fundamental para o enfrentamento à LGBTIfobia” na sede da OAB-RJ

24/6, 13h às 17h – Evento no MAR com debates sobre “Cultura Queer nos espaços de arte e cultura” e oficinas

25/6, 14h – Feira das Cores, na Areninha Carioca Renato Russo

24/6 a 28/6, das 18h às 06h – Iluminação especial nos Arcos da Lapa

26/6 – Ciclo de Debates com a Secretaria de Promoção à Saúde, no Clube de Engenharia

28/6, 15h – Palestra Carlos Tufvesson “A igualdade e a proteção dos direitos do cidadão LGBTQIA+ carioca” no Auditório da PGM-Rio

28/6 a 03/7 – Festival TriboQ com stand de atendimento à população LGBTQIA+

28/6 – Projeto Arco-Iris na Clínica da Família Anthidio Dias da Silveira

30/6 – Lançamento da campanha de combate ao preconceito na Lona Madureira

10/7 – Feira Cultural Amo Diversidade

 

  • 22 de junho de 2022