Secretaria Municipal de Saúde atendeu 216 pessoas e fez dez remoções no Desfile das Campeãs no Sambódromo, até 2h da manhã de domingo (1º)

Publicado em 01/03/2020 - 03:37 | Atualizado em 01/03/2020 - 09:56

Os sete postos médicos da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) distribuídos pelo Sambódromo atenderam, no desfile das campeãs, 216 pessoas até as 2h do domingo, 1º de março, aniversário da cidade do Rio. Dos assistidos, a maioria foi por problemas clínicos, muitos causados por intoxicação alcoólica, e 10 necessitaram de transferência para unidades de urgência e emergência da rede pública. A SMS atuou durante todos os seis dias de desfiles da Sapucaí com equipe de 145 profissionais, 32 leitos para atendimento e 15 ambulâncias.

Além da assistência oferecida na passarela do samba, o carnaval de rua da cidade conta com postos médicos em várias regiões da cidade. Ontem, dia 29 de fevereiro,  os dois postos da SMS no Centro e um em Copacabana atenderam 46 pessoas e fizeram 19 transferências para unidades de saúde da rede pública.

Além do serviço de assistência, a SMS está no Sambódromo com ação de prevenção, oferecendo vacinação contra o sarampo. Neste sábado (29), 339 pessoas, entre trabalhadores e foliões, receberam a vacina no estande da Vigilância Sanitária, que também atua no evento, fiscalizando os serviços oferecidos para os foliões.