Secretaria de Saúde intensifica busca ativa de crianças que não foram vacinadas contra a pólio e outras doenças

Publicado em 15/10/2022 - 09:28 | Atualizado em 15/10/2022 - 09:52
  • Início/
  • /
  • Secretaria de Saúde intensifica busca ativa de crianças que não foram vacinadas contra a pólio e outras doenças
Criança é vacinada contra a paralisia infantil - Edu Kapps / Prefeitura do Rio

Com 160 mil meninas e meninos cariocas que não foram vacinados contra poliomielite no Município do Rio na última campanha, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) intensifica, a partir desta segunda-feira (17/10), a busca ativa de crianças que não compareceram às unidades de Atenção Primária para se vacinar. Os pais de todas as crianças a partir de 2 meses de idade até adolescentes de 14 anos devem procurar uma das 236 clínicas da família e centros municipais de saúde para atualização da caderneta de vacinação de seus filhos.

 

– A cobertura vacinal mais crítica hoje é a de poliomielite, que está em apenas 51%. É urgente aumentarmos o número de crianças protegidas, pois a paralisia infantil causa sequelas graves para toda a vida em quem não se vacinou. Estamos focando nessa busca ativa e também contamos com os pais para levarem seus filhos aos postos para verificarem se todas as vacinas do calendário estão atualizadas – destaca o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz.

 

O objetivo da intensificação da busca ativa é garantir que os cariocas entre 2 meses e 14 anos estejam em dia com todas as vacinas recomendadas para cada faixa etária. Para a poliomielite, o esquema vacinal é composto por doses aos dois, quatro e seis meses de idade, e mais uma gotinha aos 15 meses e 4 anos. Além disso, está sendo aplicada ainda mais uma dose de reforço para crianças entre um e quatro anos.

As clínicas da família e os centros municipais de saúde estão abertos para a vacinação de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e aos sábados, das 8h às 12h. A SMS-Rio recomenda que pais e responsáveis levem aos postos a caderneta e o comprovantes de vacinação da criança ou do adolescente para que sejam avaliados pelas equipes de saúde e eventuais doses que não tenham sido feitas na época indicada possam ser aplicadas.

Os locais de vacinação podem ser consultados em https://svs.rio.br/epirio/.

  • 15 de outubro de 2022
  • Skip to content