Saúde atende 200 pessoas na primeira noite de desfiles no Sambódromo

Publicado em 22/02/2020 - 00:58 | Atualizado em 23/02/2020 - 02:02
  • Início/
  • /
  • Saúde atende 200 pessoas na primeira noite de desfiles no Sambódromo

Na primeira noite de desfiles das escolas de samba no carnaval 2020, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) atendeu, no Sambódromo, 200 pessoas. Dezesseis pacientes, com quadros mais complexos, precisaram ser transferidos pela Central de Regulação para unidades da rede hospitalar. A SMS tem sete postos médicos na Marquês de Sapucaí.

Também os foliões que curtiram o sextou do carnaval nos blocos de rua puderam contar com estrutura de atendimento da Prefeitura. São quatro postos da SMS nos corredores que concentram os blocos com maior público, no Centro e Zona Sul, e outros quatro operados pela Riotur. Os postos da SMS fizeram, nessa sexta-feira  (21), 16 atendimentos, com quatro remoções. Desde o início do carnaval de rua, no começo de fevereiro, os postos da SMS já fizeram 187 atendimentos, com 28 transferências para a rede hospitalar.

 

Vigilância Sanitária também tem atuação na passarela do samba

A Subsecretaria de Vigilância Sanitária do Rio fechou o primeiro dia de atuação no Sambódromo contabilizando 59 inspeções. Na ação que começou às 18h, os fiscais vistoriaram todas as 41 lanchonetes já em funcionamento na Passarela do Samba nesta sexta-feira, 21, início dos desfiles que anunciam a maior festa do planeta. Na fiscalização dos alimentos, os técnicos encontraram sanduíches prontos em uma lanchonete do Setor 8 mantidos em temperatura muito abaixo da adequada (30 graus, quando o mínimo é 60); um galão de cinco litros de água sem identificação utilizada por uma pizzaria no Setor 8; e ainda tabuleiros no chão e outras ações que caracterizaram falta de higiene na pizzaria da mesma rede no Setor 12. Ao todo, foram registradas seis infrações e descartados três quilos de sanduíches e os cinco litros de água.

Técnicos do Laboratório Municipal de Saúde Pública (Lasp) coletaram 17 amostras de alimentos, e os resultados devem sair na próxima segunda-feira. Os fiscais conferiram também as condições de nove ambulâncias e três postos de atendimento médico, com toda a estrutura de saúde dentro das normas.Já a equipe da Superintendência de Educação do órgão distribuiu 206 panfletos e participou da fixação de adesivos em paredes dos sanitários alertando para a necessidade da higienização das mãos após o uso do banheiro.

A Vigilância segue com a Operação Carnaval neste sábado, 22, com mais inspeções e ações educativas no estande que o órgão mantém no Setor 7, onde haverá vacinação de sarampo das 17h às 20h.

Categoria: Saúde

22 de fevereiro de 2020