Prefeitura vacina população em situação de rua e inaugura posto no Theatro Municipal

Publicado em 27/05/2021 - 12:37 | Atualizado em 27/05/2021 - 15:44
A vacinação das pessoas em situação de rua aconteceu na Praça da Cruz Vermelha - Ricardo Cassiano/Prefeitura do Rio

Os secretários municipais de Saúde, Daniel Soranz,  e de Assistência Social, Laura Carneiro, acompanharam na manhã desta quinta-feira (27/05), a vacinação contra a Covid-19 de pessoas em situação de rua, na Praça da Cruz Vermelha, no Centro do Rio. Este grupo prioritário começou a ser vacinado esta semana nos abrigos municipais e centros de referência de assistência social, nas unidades de Atenção Primária e em ações do programa Consultório na Rua, da Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

Também nesta quinta, o secretário Daniel Soranz inaugurou o novo ponto de vacinação no Theatro Municipal do Rio. O serviço vai  funcionar de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, com entrada pela lateral do prédio, atendendo a população conforme calendário de vacinação da SMS.

Podem receber a primeira dose da vacina, nesta quinta, pessoas com comorbidades ou dos outros grupos prioritários na faixa etária de 28 anos no turno da manhã; e de 27 anos,à tarde; além de trabalhadores da educação de 46 anos ou mais. A partir da próxima semana, a vacinação será estendida para a população em geral, sempre respeitando o escalonamento etário.

Na atual etapa da campanha, que vai até o próximo sábado (29/05), a vacinação é voltada para os grupos prioritários listados em coronavirus.rio/vacina, seguindo calendário escalonado por idade. São ainda atendidas nesta etapa pessoas com síndrome de Down e com doença renal crônica (em diálise) a partir de 18 anos, sem escalonamento etário. Gestantes e puérperas com comorbidades, a partir de 18 anos, também podem se vacinar. Por orientação do Ministério da Saúde, elas receberão apenas as vacinas Pfizer e Coronavac, de acordo com a disponibilidade. Para tomarem a vacina devem apresentar laudo médico detalhado justificando a recomendação e avaliação da relação risco-benefício para a vacinação, além da assinatura do termo de consentimento.

 

O Theatro Municipal é o novo ponto de vacinação contra a Covid – Ricardo Cassiano/Prefeitura do Rio

 

Município atinge a marca de dois milhões de vacinados com a primeira dose

  • 27 de maio de 2021