Prefeitura terá mais de 350 postos de vacinação no Dia D nacional da campanha contra o sarampo

Publicado em 13/02/2020 - 18:45 | Atualizado em 14/02/2020 - 18:17
  • Início/
  • /
  • Prefeitura terá mais de 350 postos de vacinação no Dia D nacional da campanha contra o sarampo
Dia D de vacinação contra o sarampoDurante o Dia D Nacional da Campanha de Vacinação Contra o Sarampo, a Secretaria Municipal de Saúde terá mais de 350 postos abertos. Foto: Mariana Ramos / Prefeitura Rio

Vai ser no compasso do samba o lançamento oficial do Dia D Nacional da Campanha de Vacinação Contra o Sarampo, neste sábado, 15 de fevereiro. Renato Sorriso, o gari-passista mais famoso do Brasil, e o grupo Chegando de Surpresa, formado por funcionários da Comlurb, serão a principal atração da abertura da campanha, a partir das 10h, no Centro Municipal de Saúde Píndaro de Carvalho Rodrigues, na Av. Padre Leonel Franca s/nº, na Gávea. A programação conta ainda com uma série de atividades oferecidas pelo Programa Academia Carioca, com aulas de alongamento, charme, samba, zumba, dança mix, cigana e do ventre, capoeira e ginástica aeróbica. Uma roda de conversa sobre prevenção e combate às arboviroses (dengue, zika e chikungunya) encerra a manhã dedicada à prevenção e promoção da saúde.

Durante o Dia D Nacional da Campanha de Vacinação Contra o Sarampo, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) terá mais de 350 postos abertos. Todas as 233 unidades da rede de Atenção Primária (clínicas da família e centros municipais de saúde) e 120 postos extras montados em todas as regiões da cidade vão vacinar a população entre 8h e 16h.

Esta é a segunda grande ação da SMS para intensificar a vacinação contra o sarampo na cidade do Rio. Em 1º de fevereiro, foi realizado o Dia D de vacinação, em uma iniciativa alinhada com a campanha do Governo do Estado. Na ocasião, 56.680 pessoas foram vacinadas. A SMS já aplicou mais de 155 mil doses da vacina contra o sarampo em 2020.

Para o Dia D Nacional da Campanha de Vacinação Contra o Sarampo, a recomendação é que todas as pessoas até 59 anos compareçam a um posto de vacinação para checar seu histórico vacinal e verificar se já tomaram as doses necessárias contra o sarampo. Para tanto, solicita-se levar a caderneta de vacinação para conferência. Mas aqueles que não têm ou perderam a caderneta também devem comparecer aos postos.

Prevenção no carnaval

A vacina contra o sarampo está disponível durante todo o ano nas 233 unidades de Atenção Primária (clínicas da família e centros municipais de saúde). Mas para ampliar a barreira de proteção, especialmente no momento em que casos da doença voltam a preocupar o país e o mundo, e em que a cidade se prepara para receber dois milhões de turistas para o carnaval, é importante intensificar a vacinação. O objetivo é proteger a população e fazer uma barreira contra a transmissão da doença, por meio de ações dirigidas a categorias profissionais que lidam diretamente com turistas.

“O sarampo, infelizmente, retornou ao Brasil e muitos dos turistas que chegam de fora poderão trazer o vírus, mesmo sem saber que estão com a doença. Então, precisamos proteger a cidade”, alerta a secretária de Saúde, Beatriz Busch, que abriu, nos aeroportos e rodoviária da cidade, uma frente de vacinação voltada a taxistas, dando início à estratégia de vacinar as categorias profissionais ligadas direta ou indiretamente ao turismo – motoristas de taxi e aplicativos, funcionários da rede hoteleira, garis da Comlurb, guardas municipais e policiais, entre outros profissionais.

Os endereços dos postos volantes de vacinação no Dia D de Vacinação Contra o Sarampo podem ser conferidos aqui.

 

Fique por dentro de tudo o que acontece na Secretaria Municipal de Saúde do Rio e nos siga nas redes sociais!

   

 

Categoria: Saúde

13 de fevereiro de 2020