Prefeitura do Rio divulga resultado de concurso de vídeos de conscientização sobre saúde sexual, com prêmios de até R$ 5 mil

Publicado em 24/02/2022 - 20:18 | Atualizado em 24/02/2022 - 20:20
  • Início/
  • /
  • Prefeitura do Rio divulga resultado de concurso de vídeos de conscientização sobre saúde sexual, com prêmios de até R$ 5 mil
Os atores Aissa Zaar e João Lucas - Arquivo Pessoal

A Prefeitura do Rio divulgou nesta quinta-feira (24/02) o resultado do concurso de vídeos de conscientização sobre saúde sexual. A iniciativa selecionou três produções audiovisuais de até 60 segundos que falam sobre prevenção a infecções sexualmente transmissíveis (ISTs) para serem publicadas durante o Carnaval, em abril. Os primeiros colocados receberão prêmios de R$ 5 mil, R$ 3 mil e R$ 1 mil, respectivamente.

O objetivo da ação, realizada pelas secretarias municipais de Saúde e Governo e Integridade Pública, por meio da Coordenadoria Executiva de Diversidade Sexual, é levar informação sobre saúde sexual ao público jovem. De acordo com o Ministério da Saúde, a faixa etária de 15 a 24 anos foi a que registrou maior aumento no índice de infecções entre 2009 e 2019. O crescimento foi de 64,9% entre pessoas de 15 a 19 anos e de 74,8% entre as de 20 a 24 anos.

Vencedores do concurso, o casal de atores Aissa Zaar, de 23 anos, e João Lucas, de 22, receberão R$ 5 mil pelo primeiro lugar. Ela, que veio do Rio Grande do Sul para estudar teatro no Rio há cinco anos, conta que começou a produzir vídeos em parceria com o namorado em 2020, no início da pandemia. Para a campanha, a dupla optou por um formato que faz sucesso em suas redes sociais: o “arrume-se comigo”, no qual mostram itens indispensáveis para passeios e viagens — no caso do Carnaval, máscara, glitter, e, é claro, camisinha.

 

– Ações como essa são extremamente importantes porque tem muita gente que não tem acesso a informações sobre o assunto. As redes sociais estão aqui para agregar. Saber que conseguimos tocar as pessoas e abordar esse tema de maneira leve e divertida é muito gratificante – comemora Aissa.

 

O segundo lugar ficou com Frederico Bellini, que receberá R$ 3 mil, e o terceiro, com Evandro Manchini, que levará R$ 1 mil. Os três vídeos vencedores serão disponibilizados nas redes sociais da Coordenadoria Executiva da Diversidade Sexual (@cedsrio) e da Secretaria Municipal de Governo e Integridade Pública (@segovi.rio) em abril, como parte da campanha de prevenção realizada tradicionalmente durante o Carnaval.

 

– Esse concurso foi pensado para que pudéssemos utilizar novas linguagens e formatos para alcançar os jovens. As campanhas de prevenção sempre são pensadas em conjunto com o movimento social organizado, mas trazer o cidadão para dentro da elaboração deste trabalho é, sem dúvidas, uma maneira de reoxigenar e assegurar o caráter participativo da iniciativa. O resultado dessa inovação foi extremamente satisfatório para nós – afirma o coordenador executivo da Diversidade Sexual, Carlos Tufvesson.

 

A avaliação do material enviado foi feita por uma comissão técnica, que escolheu os três melhores vídeos com base em criatividade, efetividade da comunicação, linguagem utilizada e qualidade técnica do material. Não foram aceitos vídeos que contivessem expressões de baixo calão, nudez ou referência direta a sexo explícito.

 

– A melhor estratégia de saúde pública no caso das ISTs é a orientação para prevenção. As pessoas precisam saber que doenças são essas e conhecer os métodos para evitá-las, que são simples e estão disponíveis. Esse concurso trouxe a possibilidade de pessoas que não são profissionais de saúde abordarem a questão com uma linguagem simples e bem acessível aos grupos sociais a que pertencem. É uma forma de levarmos a mensagem à população que mais precisa e de forma clara – destaca o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz.

  • 24 de fevereiro de 2022