Prefeitura do Rio começa a distribuir doses da vacina para médicos e enfermeiros

Publicado em 27/03/2020 - 15:32 | Atualizado
  • Início/
  • /
  • Prefeitura do Rio começa a distribuir doses da vacina para médicos e enfermeiros
Estratégia mira na vacinação de moradores de condomínios e já tem mais de 3.600 profissionais cadastrados. Foto: Mariana Ramos / Prefeitura do Rio

A Secretaria Municipal de Saúde deu início nesta sexta-feira, 27 de março, à distribuição de doses de vacina para médicos e enfermeiros para que eles façam a aplicação nos seus condomínios e clínicas. Até 12h de hoje, 3.800 doses já haviam sido entregues, sendo 2.100 doses no Riocentro, e o restante em 28 postos da Vigilância em Saúde do município. A entrega acontece de Riocentro das 8h às 16h e nos demais pontos em seus horários de funcionamento (que podem ser consultados no site da SMS).

Hoje estão agendados para retirada das vacinas 682 médicos e enfermeiros que se cadastraram online no site da Secretaria Municipal de Saúde. Até ontem (26/03), mais de 3.600 médicos haviam feito a inscrição, que continua no link https://bit.ly/2vT8rHn. O mínimo para retirada é de dez doses, e o máximo, de 50. Clínicas poderão retirar maior quantidade. No link há instruções sobre a condição de manutenção de garantia de temperatura e tipo de transporte da vacina, por exemplo. Além de uma tabela para colocar os dados das pessoas vacinadas.

“É assim que moradores de condomínios poderão se vacinar; organizem-se com os síndicos. Contamos com esses profissionais de saúde para vacinar o mais rápido possível”, afirmou Beatriz Busch, secretária municipal de Saúde. A iniciativa inédita tem como objetivo agilizar o processo de vacinação e evitar aglomerações.

A Prefeitura do Rio adotou uma série de estratégias para vacinação contra a Influenza. A vacinação em sistema drive-thru – em que o idoso não desce do carro para ser vacinado – funciona no RioCentro das 8h às 17h e em cinco postos do Detran, das 10h às 16h. A população também tem à disposição as 233 clínicas da família e centros municipais de Saúde, das 8h às 17h. Outra medida adotada pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) é a aplicação das doses em casa para pessoas acima de 80 anos. É importante ainda destacar que o município do Rio não adotou o escalonamento de idades nos seus postos de vacinação, que continuam recebendo todos os idosos a partir dos 60 anos.

Fique por dentro de tudo o que acontece na Secretaria Municipal de Saúde do Rio e nos siga nas redes sociais!

   

  • 27 de março de 2020