Outubro Rosa: Prefeitura do Rio conscientiza sobre o câncer de mama e sua prevenção

Publicado em 28/09/2020 - 16:51 | Atualizado em 29/09/2020 - 13:21
  • Início/
  • /
  • Outubro Rosa: Prefeitura do Rio conscientiza sobre o câncer de mama e sua prevenção
Outubro Rosa

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), marca presença na mobilização do Outubro Rosa com a intensificação, em suas unidades, das práticas de promoção da saúde da mulher – com foco na prevenção ao câncer de mama, neoplasia que mais mata mulheres no Brasil.  Estas ações, que fazem parte da prática diária das clínicas da família e centros municipais de saúde, chegaram a ser interrompidas durante a pandemia, mas retornaram em julho – e serão intensificadas durante o mês de outubro.

Durante o acolhimento, os profissionais de saúde das unidades municipais vão dar orientações sobre a detecção precoce dos cânceres da mama e do colo do útero para mulheres nas faixas etárias priorizadas nas Diretrizes Nacionais do Ministério da Saúde. Outros temas de promoção da saúde feminina serão tratados, entre eles a importância da alimentação saudável e da prática de atividades físicas, a prevenção da violência doméstica e o planejamento reprodutivo.

– Este olhar para a saúde da mulher, de maneira integral, deve ser lembrado e estimulado durante o ano inteiro. É fundamental informar e conscientizar a população sobre importância de estar alerta a qualquer alteração suspeita no corpo, uma das peças chave para o diagnóstico precoce, o que aumenta as chances de cura – reforça Ana Mello, gerente da área técnica do câncer da Secretaria Municipal de Saúde.

Três pilares definem as estratégias de atuação para proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e diminuir as taxas de mortalidade: mobilizar e informar mulheres sobre o câncer de mama; profissionais capacitados e atuantes no diagnóstico das lesões mamárias suspeitas de câncer e nas ações de rastreamento; e uma rede assistencial preparada para diagnosticar e tratar as lesões identificadas em prazo adequado.

Na cidade do Rio, o mês de outubro também é uma oportunidade para conscientizar a população sobre o câncer de colo de útero. As unidades de Atenção Primária, clínicas da família e centros municipais de saúde têm papel fundamental na detecção precoce dos cânceres de mama e colo de útero, realizando a captação das mulheres para o rastreamento e o acesso oportuno a confirmação diagnóstica e tratamento dos casos positivos.

Câncer de mama é o que mais mata mulheres no Brasil

Segundo a Instituto Nacional do Câncer, o câncer de mama é a primeira causa de morte por câncer em mulheres no Brasil, com patamares diferenciados entre as regiões. Para a prevenção desta doença, além da adoção de hábitos saudáveis, como controle do peso, alimentação saudável, prática de exercícios físicos e evitar bebidas alcoólicas; é indicado que toda mulher dos 50 aos 69 anos faça o exame de mamografia a cada dois anos, mesmo sem ter nenhum sintoma.

Já o câncer de colo de útero é a terceira neoplasia mais incidente na população feminina brasileira. Para a prevenção deste tipo de câncer é importante que toda mulher com idade a partir dos 25 anos, que já tenham iniciado sua vida sexual, realize o exame preventivo, até os 64 anos. Para as meninas de 9 a 14 anos, é recomendada duas doses da vacina contra o HPV, conforme calendário do Ministério da Saúde.

Sobre o Outubro Rosa

Atualmente, o Outubro Rosa é a maior mobilização social dedicada à prevenção do câncer de mama. Ela teve início na década de 1990, nos Estados Unidos, e aos poucos atingiu proporções mundiais. A principal marca do movimento é a iluminação cor de rosa em prédios e monumentos públicos, simbolizando a união dos povos pela saúde da mulher.