Mutirão de otoplastia corrige a ‘orelha de abano’

Publicado em 25/04/2019 - 10:31 | Atualizado em 25/04/2019 - 10:42
  • Início/
  • /
  • Mutirão de otoplastia corrige a ‘orelha de abano’
Paciente beneficiada pelo mutirão de otoplastia posando com a mãe em frente ao Hospital Municipal Nossa Senhora do LoretoCréditos: Mariana Ramos

Crianças ou adultos que tenham a chamada “orelha de abano” e queiram fazer a cirurgia corretiva pelo SUS ainda podem ser beneficiadas pelo mutirão Orelhinha Bonitinha, da Prefeitura do Rio. A ação foi lançada no fim de março para atender pacientes que aguardam pelo procedimento no Sistema de Regulação do município do Rio (SISREG). Quem tem indicação para a cirurgia mas ainda não está inscrito deve procurar sua unidade de Atenção Primária de referência (clínica da família ou centro municipal de saúde) para avaliação e inserção no sistema.

A otoplastia é um procedimento simples, que dura em torno de uma hora e o tempo de internação é de 24 horas em média. Para ser submetido à cirurgia, a idade aproximada é a partir de 7 anos, quando as orelhas já estão completamente formadas. O mutirão ocorre em três hospitais da rede da Secretaria Municipal de Saúde: Jesus, em Vila Isabel; Nossa Senhora do Loreto, na Ilha do Governador; e Barata Ribeiro, na Mangueira.

“Essa cirurgia é um procedimento considerado simples, mas com grande impacto na vida das pessoas. Temos relatos de que muitas crianças acabam sofrendo o bullying e o isolamento social, o que é muito ruim. A saúde continua sendo uma prioridade do prefeito Marcelo Crivella que teve a ideia de tratar a questão de uma forma séria e consciente, reduzindo o sofrimento dessas pessoas por causa de uma característica física que pode ser modificada. Há casos mais graves em que esses pacientes chegam até a desenvolver problemas psiquiátricos”, destaca a secretária municipal de Saúde, Beatriz Busch.
Fique por dentro de tudo o que acontece na Secretaria Municipal de Saúde do Rio e nos siga nas redes sociais!

   

  • 25 de abril de 2019