Comunicado importante

Publicado em 24/06/2019 - 10:32 | Atualizado

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informa que:

– A rede de urgência e emergência do município do Rio funciona de portas abertas, atendendo por demanda espontânea a todos os que procuram nossas unidades, sejam moradores da cidade ou de outros municípios. Em algumas unidades, o número de moradores de outros municípios chega a 20% da demanda.

– A saúde sempre foi e é prioridade para este governo e, mesmo diante de uma severa crise financeira que derrubou as arrecadações de todos os entes da federação (União, Estados e Municípios), a Prefeitura do Rio nunca deixou de investir em saúde. E ainda vem arcando com o custeio de dois hospitais de emergência que foram municipalizados em 2016 sem contrapartida e sem previsão orçamentária para suas gestões.

– Sobre a questão específica do Hospital Municipal Pedro ll, até o momento, a SMS ainda não foi notificada da referida liminar.

– A ordem judicial será cumprida, ainda que caibam recursos, os quais serão feitos nos prazos e formas adequadas.

– O contrato com a organização social SPDM para a gestão da unidade foi prorrogado com valor ajustados a maior, para garantir capacidade de reabertura de leitos e reforço de equipes. Não obstante, há necessidade de prazos para contratações definitivas. A SMS já acionou a OS para cumprimento do contrato.

– A organização social recebeu a notificação da liminar na noite de sexta-feira, com prazo para manifestação de 72 horas.

– A OS busca profissionais para contratação, para ocupar os postos de trabalho em aberto.

– Para minimizar o impacto sobre a Emergência do Pedro II, a Central Municipal de Regulação traçou plano de contingência para direcionar ambulâncias de socorro a outras unidades da rede, garantindo assim a assistência a todos.

– Pacientes com quadros graves que chegarem ao HMPII por demanda espontânea serão atendidos. Casos de menor gravidade podem ser redirecionados a outras unidades.

Categoria: Saúde

24 de junho de 2019