Até as 2h desta terça-feira, 279 atendimentos nos postos médicos da Sapucaí

Publicado em 25/02/2020 - 01:01 | Atualizado em 25/02/2020 - 04:23

Na segunda noite de desfiles do Grupo Especial, os sete postos médicos da Secretaria Municipal de Saúde montados no Sambódromo realizaram, até duas horas da madrugada desta terça-feira (25), 279 atendimentos. Quatro foliões precisaram ser levados de ambulância para hospitais da rede pública. Desde sexta-feira, quando as escolas da Série A deram partida nos desfiles da Marquês de Sapucaí, já foram 1.246 atendimentos, com 52 remoções.

Pela primeira vez, o Sambódromo do Rio contou também com um posto de vacinação contra sarampo, que funcionou de sábado a segunda-feira, no setor 7. Ao todo, 568 pessoas foram vacinadas nos três dias, sendo 267 somente na segunda-feira (24).

Os postos médicos da Passarela do Samba estão localizados nos setores 1 (concentração), 2, 7, 8, 10 (Rua Salvador de Sá), 11 e Apoteose (dispersão). Ao todo, contam com 32 leitos, sendo oito de suporte avançado de vida; e 145 profissionais (médicos, enfermeiros, técnicos e equipe de operação/coordenação) se revezando nos plantões. Nos seis dias de desfiles (incluindo das escolas mirins, na terça-feira, e no sábado das campeãs), serão 90 ambulâncias para remover os pacientes que precisem ser levados a hospitais.