Rio está entre as 50 cidades mais inteligentes do mundo

Publicado em 20/03/2019 - 15:16 | Atualizado em 21/03/2019 - 18:54

O Rio de Janeiro está na lista das 50 cidades mais inteligentes do mundo elaborada pelo Future Today Institute (FTI). Fundado em 2006, nos Estados Unidos, a instituição analisa como novas tecnologias e a ciência podem modificar a sociedade, os negócios e a política, buscando influenciar líderes e organizações.

Todos os anos, o FTI publica um extenso relatório, que em 2019 teve mais de 300 páginas, em que aponta tendências tecnológicas e científicas com potencial para transformar o mundo, em dezenas de áreas do conhecimento e da indústria, como inteligência artificial, segurança, privacidade, transporte, mídia, agricultura, biotecnologia, marketing e outros.

Dentro desse relatório, chamado “Tech Trends Report”, que está em sua 12ª edição, foi publicado pelo segundo ano consecutivo o ranking das cidades mais inteligentes do mundo. Em 2018, foram classificadas 29 cidades, e o Rio não estava entre elas.

Em 2019, o estudo foi divulgado na edição anual de um dos maiores eventos culturais dos Estados Unidos e do mundo, o South by Southwest (SXSW), que aconteceu entre os dias 8 e 17 de março em Austin, no Texas. O SXSW reúne cinema, música, entretenimento e tecnologia, assim como dezenas de conferências.

No ranking de 2019, o Rio de Janeiro aparece na 44ª colocação – única cidade da América do Sul e da América Latina. O objetivo da lista é dar reconhecimento a iniciativas inovadoras ao redor do planeta. Ao todo, foram analisadas informações sobre 100 cidades.

Ao apresentar o ranking, o Future Today Institute aponta alguns exemplos do que torna uma cidade inteligente: “tecnologia econômica, planejamento urbano e orçamentário de longo prazo e acesso igualitário para todos os cidadãos são apenas alguns exemplos”.

O relatório estima que o mercado destinado a projetos de cidades inteligentes irá atingir um valor de mais de 1 trilhão de dólares até 2050, o que significa parcerias multinacionais e público-privadas.

Lista de critérios

Ao todo, a pesquisa utilizou 16 critérios para a classificação das cidades. Segue a lista abaixo:

– Abundância de conexão 4G (e em breve 5G)
– Disponibilidade de pontos públicos com sinal de wi-fi gratuito
– Uso de redes inteligentes de trânsito e energia
– Incentivo municipal para edifícios inteligentes
– Dados governamentais digitalizados, acessíveis e livres para todos
– Disponibilidade de dados anonimizados dos cidadãos de forma digitalizada, estruturada e acessível
– Cargos de alto escalão no governo dedicados a tecnologia e ciência
– Número e influência de líderes comunitários especialistas em tecnologia
– Número de departamentos de cibersegurança e departamentos e funcionários dedicados à monitoração proativa e aprendizado contínuo
– Sistema de transporte público avançado e otimizado para todos os cidadãos
– Disponibilidade de serviços de compartilhamento de carona (incluindo várias formas de transporte)
– Número de parcerias público-privadas em tecnologia e ciência que beneficiam população de todos os níveis de renda
– Medidas de preservação ambiental para o presente e o futuro
– Iniciativas municipais para reduzir o lixo
– Disponibilidade de opções econômicas de energia limpa
– Dedicação ao planejamento urbano de longo termo

Fontes de pesquisa

Para realizar a pesquisa, o FTI utilizou dados coletados de: publicações governamentais sobre as cidades; censos regionais e nacionais, Organização Mundial da Saúde (OMS), departamentos de energia, Numbeo (banco de dados mundial sobre cidades e países); documentos e publicações sobre visão estratégica municipal; relatórios da ONU; relatórios da Comissão Europeia; dados do Pew Research Center; dados do sistema de informações de trânsito TomTom Traffic; relatórios mundiais de energia; índice europeu de cidades digitais; dados do índice global de velocidade online; e sites municipais.

Ranking das 50 cidades mais inteligentes:

(1) Copenhague, Dinamarca / (2) Gotemburgo, Suécia / (3) Oslo, Noruega / (4) Bergen, Noruega / (5) Odense, Dinamarca / (6) Estocolmo, Suécia / (7) Turku, Finlândia / (8) Aalborg, Dinamarca / (9) Jyväskylä, Finlândia / (10) Estrasburgo, França / (11) Melbourne, Austrália / (12) Singapura / (13) Vantaa, Finlândia / (14) Amsterdam, Holanda / 15. Zurique, Suíça / 16. Utrecht, Holanda / (17) Berlim, Alemanha / (18) Dubai, Emirados Árabes Unidos / (19) Seul, Coreia do Sul / (20) San Francisco, EUA / (21) Wuxi, China / (22) Boston, USA / (23) Londres, Reino Unido / (24) Tóquio, Japão / (25) Montreal, Canadá / (26) Tallinn, Estônia / (27) Tel Aviv, Israel / (28) Yinchuan, China / (29) Hangzhou, China / (30) Perúgia, Italia / (31) Nova York, EUA / 32. Vancouver, Canadá / 33. Helsinque, Finlândia / (34) Hamburgo, Alemanha / (35) Luxemburgo / (36) Portland, EUA / (37) Nice, França / (38) Reykjavik, Islândia / (39) Barcelona, Espanha / (40) Osaka, Japão / (41) Abu Dhabi, Emirados Árabes Unidos / (42) Doha, Catar / (43) Hong Kong, China / (44) Rio de Janeiro, Brasil / (45) Xangai, China / (46) Chicago, EUA / (47) Munique, Alemanha / (48) Toronto, Canadá / (49) Bordeaux, França / (50) Bhubaneswar, Índia