Sistema de videofiscalização vai coibir irregularidades na Autoestrada Lagoa-Barra

Publicado em 29/04/2019 - 16:38 | Atualizado em 29/04/2019 - 16:40
Centro de Operações Rio. - Michel Filho/Prefeitura do Rio

Para coibir o estacionamento irregular em uma das mais movimentadas vias da cidade, a Prefeitura do Rio inicia hoje fiscalização por vídeo nos dois sentidos da Auto Estrada Engenheiro Fernando MacDowell (Lagoa-Barra), no trecho próximo ao Túnel Zuzu Angel, em São Conrado, e na Avenida General Olímpio Mourão Filho.

Via será monitorada em tempo real por agentes municipais no Centro de Operações Rio

O sistema, implantado por meio da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Rio) e da Coordenadoria de Monitoramento da Cidade, vinculada à Secretaria de Ordem Pública, será operado pela Guarda Municipal no Centro de Operações Rio (COR), na Cidade Nova.

O objetivo é inibir o estacionamento sobre a calçada, faixa de pedestres e pontos de ônibus, o que compromete a segurança dos usuários e interfere na fluidez do trânsito. As infrações prejudicam tanto pedestres como os 82 mil motoristas que circulam pela via diariamente, nos dois sentidos. O serviço permite que agentes da Guarda Municipal acompanhem no COR o trânsito em tempo real e multem os infratores por meio de identificação da placa. Antes do início da atividade, será instalada sinalização específica, complementando a já existente, alertando para a realização da fiscalização por vídeo. Além disso, a Prefeitura iniciou campanha de conscientização no local feita por agentes da CET-Rio, com a distribuição de panfletos.

Sistema de fiscalização por vídeo já é utilizado no entorno da Rodoviária Novo Rio – Prefeitura do Rio

Este será o terceiro ponto da cidade a contar com o sistema, após os acessos ao Aeroporto Internacional Tom Jobim, na Ilha do Governador, e o entorno da Rodoviária Novo Rio, em Santo Cristo. A próxima área a receber o serviço será a região do Largo do Machado, em Laranjeiras.

A fiscalização por vídeo na Rodoviária Novo Rio foi iniciada em março deste ano e conta com três câmeras no setor de embarque. A fiscalização do setor de desembarque ainda é feita por guardas do Grupamento Especial de Trânsito e da 1ª Inspetoria. Já foram aplicadas 449 multas.

No acesso ao Galeão, o serviço existe desde setembro de 2018. São 12 câmeras instaladas no entorno do aeroporto. Já foram aplicadas 2.208 multas.