Prefeitura inicia mutirão de serviços no Jardim Bangu, na Zona Oeste

Publicado em 19/08/2019 - 11:02 | Atualizado em 19/08/2019 - 13:36
Prefeitura inicia mutirão de serviços no Jardim Bangu - Marcos de Paula/Prefeitura do Rio

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, acompanhou na manhã desta segunda-feira, dia 19 de agosto, o início de um mutirão envolvendo diversas secretarias e órgãos municipais,  que vai beneficiar pelo menos 12 mil moradores da localidade Jardim Bangu, em Bangu, na Zona Oeste. A maioria deles é servidor público e reside em três condomínios: conjuntos habitacionais Jornalista João Saldanha, Edson Fernandes Pinto e Roque Barbosa, com cerca de quatro mil casas e apartamentos.

Ao longo dessa semana, as ruas vão receber recapeamento asfáltico, limpeza de galerias de esgotos e águas pluviais, troca de luminárias, reforma de praças, reconstrução de calçadas, poda de árvores, retirada de entulhos, reforço na sinalização, entre outros serviços. Os conjuntos existem desde 1991.

As ruas vão receber recapeamento asfáltico, limpeza de galerias de águas pluviais, troca de luminárias, entre outros serviços – Marcos de Paula/Prefeitura do Rio

– Estamos tratando de uma série de demandas aqui no Jardim Bangu, que foram relatadas à nossa Central 1746 e também aqui na comunidade. Vamos cuidar da parte da rede pluvial e de esgoto, das calçadas, dos buracos nas ruas. Vamos trocar lâmpadas que estão queimadas, pintar faixas de pedestre. A partir de hoje, serão vários dias com todos os órgãos da Prefeitura: Comlurb, Conservação, CET-Rio, Riourbe, Rio-Águas, Rioluz, todos eles no Jardim Bangu para a gente fazer um choque de ordem aqui – disse Crivella, que informou também que técnicos da Fazenda irão à comunidade resolver problemas dos moradores com relação ao IPTU.

A comerciante Lídia Souza, de 55 anos, moradora da Rua do Pêssego, comemorou a chegada dos serviços.

A comerciante Lídia Souza comemorou a chegada de serviços ao bairro – Marcos de Paula/Prefeitura do Rio

– Nós procuramos fazer nossa parte, cuidando da frente das nossas casas, mas precisávamos mesmo de uma espécie de força-tarefa. Há muitas árvores para serem podadas e bueiros a serem desentupidos, por exemplo – justificou Lídia.

A notícia de construção de uma ciclovia na Rua Roque Barbosa, a principal do bairro, também foi elogiada, assim como a reconstrução de calçadas.

  • 19 de agosto de 2019