Procon Carioca multa Cedae em R$ 4 milhões por não explicar desabastecimento na cidade

Publicado em 12/04/2021 - 11:56 | Atualizado

O Procon Carioca multou a Cedae em mais de R$ 4 milhões por falta de informações. Em 25 de janeiro, a concessionária foi notificada a dar explicações sobre o que causou problemas no abastecimento em vários bairros da cidade, assim como sobre a qualidade da água fornecida aos seus usuários. Em 2020, a Cedae já havia sido multada por causa da crise no abastecimento causada pela concentração de geosmina e outro detergente, encontrados na água, em desacordo com os padrões de qualidade.

– Em razão da ausência de resposta e das inúmeras reclamações de consumidores, não resta dúvidas sobre a falha na prestação de serviço. A multa aplicada tem, sobretudo, um caráter educativo e pedagógico para que a empresa corrija as falhas e preste um serviço adequado aos usuários garantindo a qualidade da água fornecida – explicou Átila Nunes, presidente do Procon Carioca.

Átila Nunes lembra que os consumidores que tiveram prejuízos com a falha no abastecimento devem ser ressarcidos. Por isso, é importante que o consumidor guarde todos os comprovantes e notas fiscais referentes aos gastos com a compra de galões, garrafas de água ou carro-pipa.

 

 

  • 12 de abril de 2021