Procon Carioca fiscaliza supermercados para coibir abusos na Páscoa e na Semana Santa

Publicado em 14/04/2022 - 17:24 | Atualizado
Procon Carioca fiscaliza supermercados - Divulgação / Prefeitura do Rio

Equipes do Procon Carioca, instituto municipal vinculado à Secretaria Especial de Cidadania, percorreram quatro supermercados para avaliar situações de desrespeito às leis. A fiscalização aconteceu nos bairros de Realengo, Magalhães Bastos e Bento Ribeiro.

Entre as infrações, foram encontrados no Guanabara, em Realengo, produtos expostos à venda com o prazo de validade expirado e produtos sem preço. No Dom Atacadista, também em Realengo, foram identificados peixe e bacalhau à venda em embalagens abertas e em contato com moscas, ausência de preço em diversos produtos e falta de informação clara na promoção de produtos com a validade perto de expirar, o que pode induzir o consumidor ao erro.

Em Magalhães Bastos, os fiscais estiveram no Prezunic e encontraram ausência de preço em diversos produtos. O Extra, em Bento Ribeiro, também foi vistoriado e apresentou ausência de preço em produtos, limitação da quantidade de produtos por cliente e linguiças e bacon expostos à venda sem a informação do prazo de validade.

Todos os supermercados foram notificados e têm um prazo de 20 dias para apresentar esclarecimentos. Após a defesa, caso o Procon Carioca entenda que houve infração, será aplicada multa.

De acordo com Igor Costa, diretor executivo do Procon Carioca, a rotina de fiscalização continuará:

– Com o aumento das vendas nos supermercados por conta da Páscoa e da Semana Santa, as equipes estão ainda mais atentas a qualquer procedimento que desrespeite os direitos dos clientes.

  • 14 de abril de 2022