Prefeitura realiza audiência pública com foco no desenvolvimento urbano da Área de Planejamento 4

Publicado em 18/06/2021 - 09:42 | Atualizado em 18/06/2021 - 13:34
Debate fez parte do processo de revisão do Plano Diretor - Divulgação/Prefeitura

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria de Planejamento Urbano, realizou nesta quinta-feira (17) a penúltima das audiências públicas regionais para o processo de revisão do Plano Diretor de Desenvolvimento Sustentável da cidade. Focado na quarta Área de Planejamento – AP4, que abrange bairros como Barra da Tijuca, Jacarepaguá, Anil, Vargens e vários outros, o encontro foi realizado no auditório da Fundação Cidade das Artes, mas também contou com participação online por meio de uma sala virtual no aplicativo Zoom e transmissão ao vivo pelo Youtube.

Representantes da sociedade civil organizada, técnicos municipais, autoridades locais e a população em geral debateram as propostas de zoneamento apresentadas pelo Executivo, além dos desafios da AP4, tais como: transporte público, preservação de áreas ambientais e crescimento de construções irregulares. Para Talita Galhardo, subprefeita de Jacarepaguá, a participação popular no planejamento da cidade é essencial. – Esse é um dia muito importante porque a gente traz para o público o direito de se manifestar. Já o subprefeito da Barra da Tijuca, Raphael Lima, apontou a importância do trabalho da Secretaria de Planejamento Urbano. – A criação da Secretaria de Planejamento Urbano possibilitou que espaços como esse, de trocas de ideias e discussão sobre a cidade, pudessem ocorrer.

Sidney Teixeira, morador do Anil e voluntário do Movimento Revive Jacarepaguá, questionou as soluções propostas pelo Plano Diretor, enquanto ferramenta de controle, para inibir o crescimento de construções irregulares em áreas de preservação ambiental. – O Maciço da Tijuca, que possui uma vertente voltada para a planície de Jacarepaguá, é uma área que sofre muito com o crescente avanço de construções irregulares.

O secretário municipal de Planejamento Urbano, Washington Fajardo, afirmou que é preocupação de toda a equipe técnica, dar parâmetros que promovam proteção e que respeitem as características das áreas. – De uma maneira geral, esse é o grande desafio para a AP.4, que já tem sido buscada e que a gente espera que aconteça, a partir desse Plano Diretor, que a gente possa trazer regramentos que fortaleçam os sistemas ambientais da área. Por outro lado, se a gente deseja e pretende coibir esse crescimento irregular, a gente também quer ofertar soluções habitacionais.

Debate sobre Área de Planejamento 5 fecha semana de audiências

A Área de Planejamento 5, que abrange bairros como Campo Grande, Santa Cruz, Bangu e outros bairros da Zona Oeste, será o tema da Audiência Pública de hoje, no Centro Esportivo Miécimo da Silva. A reunião terá início às 19 horas e, assim como em todas as outras, permitirá participação presencial e online. Para comparecer ao local da audiência, é necessário se inscrever na plataforma planodiretor.rio até às 14 horas. Nesse horário, será divulgada a lista dos participantes que poderão acessar o local. Quem preferir participar online, poderá acessar a sala virtual no aplicativo Zoom ou acompanhar a transmissão ao vivo pelo Youtube. Para mais informações, acesse https://linktr.ee/planodiretor.rio.

  • 18 de junho de 2021