Praça Paris recebe poda topiária para recuperação dos arbustos ornamentais

Publicado em 16/07/2021 - 15:03 | Atualizado
A Praça Paris - Fábio Motta / Prefeitura do Rio

Equipes da Fundação Parques e Jardins (FPJ) estarão na Praça Paris, na Glória, até a próxima terça-feira (20/07), realizando a poda topiária dos arbustos que embelezam o espaço. A técnica de jardinagem é importante para a recuperação das árvores com características ornamentais.

Nos últimos dois anos, dezenas de ficus microcarpa que compõem a praça não receberam qualquer tipo de cuidado ou serviço de poda artística. Como resultado da falta de manutenção, os arbustos se desenvolveram excessivamente, perdendo a forma ornamental e original.

O Gerente de Gestão de Praças e Parques Históricos da FPJ, Luciano Caetano, explica que a poda topiária no local se faz necessária para que as espécies recuperem o porte original e o desenho artístico ao longo dos próximos meses. Ele observa ainda que para ‘esculpir’ uma planta são necessários alguns anos de intervenções que envolvem, além da poda, outras técnicas como o uso de estacas e de armações para guiar o crescimento das mesmas.

A poda topiária é uma medida de conservação básica e faz parte de um conjunto de ações do projeto de revitalização da Praça Paris. Segundo a FPJ, já existem propostas adiantadas de entidades públicas para a adoção da área verde, um dos espaços mais queridos dos cariocas na região central da cidade.

 

Profissional poda arbusto na Praça Paris – Fábio Motta / Prefeitura do Rio

 

Praça Paris

A Praça Paris foi construída em 1926, quando o Rio de Janeiro ainda era a capital do País. Com projeto do urbanista francês Alfred Agache, reproduzia o traçado de um típico jardim parisiense da época, abrigando em seus espaços grande número de amendoeiras de grande porte, além de obras de arte e esculturas. Foi concebida como uma joia da belle époque. Na época da construção do metrô, a Praça Paris foi completamente destruída, sendo restaurada e reinaugurada depois, em 1992.

  • 16 de julho de 2021