Seop e Polícia Civil removem 17 lava-jatos clandestinos na Rua Leopoldo Bulhões

Publicado em 10/03/2022 - 12:40 | Atualizado
Desde novembro de 2021, já foram removidos 109 lava-jatos clandestinos na região - Divulgação

A Secretaria de Ordem Pública (Seop), em ação conjunta com a Polícia Civil, realizou nesta quinta-feira (10/3) operação que resultou na remoção de 17 lava-jatos clandestinos na Rua Leopoldo Bulhões, entre os bairros de Manguinhos e Benfica, na Zona Norte do Rio. Além disso, foram desligados 17 pontos de furtos de água e cinco de energia elétrica pelas concessionárias Águas do Rio e Light.

Duas construções de comércio que ocupavam o espaço público foram demolidas pela Secretaria de Conservação. Diversos materiais usados nas atividades irregulares, como mesas, sofás e caixas d’água foram apreendidos. A ação contou com apoio da Guarda Municipal, da Subprefeitura da Zona Norte e da Comlurb.

 

– Essa é mais uma ação conjunta com a Polícia Civil para coibir os lava-jatos ilegais que promovem furtos de água, de energia elétrica e que atrapalham a circulação de pessoas, causando desordem e ocupando indevidamente o espaço público. Com as ações mais frequentes, já notamos uma diminuição do número de lava-jatos clandestinos nessa localidade. A Prefeitura do Rio vai continuar com esse tipo de ação para trazer ordem pública para a cidade – destacou o secretário de Ordem Pública, Brenno Carvenale.

 

Desde novembro de 2021, mais de dez ações já foram realizadas na região com objetivo de coibir desordens e atividades ilegais, resultando na remoção de 109 lava-jatos clandestinos. No período, já foram removidos 144 pontos de furtos de energia elétrica e mais de 157 pontos de furtos de água no local.

 

– Forças do poder paralelo usam a prerrogativa do problema social e falta de emprego para explorar atividades ilegais em vias públicas. Muito importante ressaltar que cadastramos e tentamos inserir as pessoas no mercado de trabalho através da Secretaria de Assistência Social e da JUV-Rio, mas até o momento não aceitaram as ofertas – afirmou o subprefeito da Zona Norte, Diego Vaz.

  • 10 de março de 2022