Reforço na fiscalização na orla registra 114 multas de trânsito e apreensão de 214 itens irregulares

Publicado em 29/08/2021 - 19:35 | Atualizado em 29/08/2021 - 20:14
A Seop reforço o policiamento nas praias para dar mais segurança aos banhistas - Prefeitura do Rio

A operação de reforço nas ações de ordenamento urbano e fiscalização realizadas pela Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) e pela Guarda Municipal (GM-Rio) na orla da cidade, neste domingo (29/08), resultou na aplicação de 114 multas de trânsito e na apreensão de 214 suvenires que estavam sendo comercializados sem autorização. As equipes que atuaram na operação ainda aplicaram três multas por flagrantes de infração sanitária e atuaram no auxílio a uma mulher que ficou desacordada na Avenida Princesa Isabel, em Copacabana, após se envolver em uma briga. O auxílio foi prestado pelos guardas do Grupamento de Cães de Guarda (GCG) até a chegada do Corpo de Bombeiros. A autora da agressão fugiu.

O objetivo da operação, iniciada na quinta-feira (26/08) é antecipar a ocupação das praias ainda no inverno, que já está se encerrando com altas temperaturas. O trabalho é integrado com as forças de segurança, como as Polícias Militar e Civil, para dar maior segurança aos banhistas e demais cidadãos. As diretrizes da operação foram elaboradas após reunião realizada na quarta-feira (25/08) na Subsecretaria de Comando e Controle da Polícia Militar do Rio.

Com os dados deste domingo, nos quatro primeiros dias de operação, a Seop e a GM-Rio registraram três prisões e 43 abordagens, sendo que uma delas resultou na condução de 11 pessoas para delegacias da Zona Sul, ficando duas delas detidas após flagrante de posse de drogas. Além disso, equipes do Grupamento de Guardas Motociclistas (GGM) atuaram com a Polícia Militar para conter um tumulto em um ponto de ônibus na Avenida Prado Júnior.

Foram apreendidos nos quatro dias 542 produtos que estavam sendo comercializados irregularmente, como bonés, azulejos, suvenires e banners. Na fiscalização do trânsito, os guardas municipais aplicaram 254 multas. Já em relação a fiscalização das medidas restritivas de proteção à vida, foram aplicadas quatro infrações. Ainda foram registradas sete ocorrências de auxílio ao público e guardas municipais do Grupamento de Defesa Ambiental (GDA) resgataram três animais silvestres.

Estrutura e efetivo

Cerca de 150 guardas municipais estão atuando na areia, calçadão e vias de acesso às praias que vão do Leme, na Zona Sul, até o Pontal, na Zona Oeste da cidade. As ações contam com apoio de 24 viaturas, 10 motocicletas e cinco tendas operacionais instaladas em pontos estratégicos na areia.

Além disso, a Subsecretaria de Operações da Seop está realizando ações de fiscalização para combater desordens na orla, como a ocupação indevida do espaço público por ambulantes sem autorização. Equipes do Programa Rio + Seguro, formada por guardas municipais e policiais militares, também estão realizando rondas nas praias de Copacabana e do Leme.

O trabalho das equipes nas ruas conta com apoio do Núcleo de Videopatrulhamento da Guarda Municipal, que monitora 80 câmeras redirecionadas para reproduzir imagens do calçadão e da faixa de areia. Os flagrantes de crimes são enviados pelo celular para os guardas identificarem e abordarem os suspeitos. O material em vídeo também é cedido à Polícia Civil, para auxiliar no registro de ocorrências nas delegacias.

O efetivo empregado pela GM-Rio é de guardas dos grupamentos Marítimo Municipal (GMM), de Operações Especiais (GOE), Tático Móvel (GTM), de Guardas Motociclistas (GGM), Especiais de Trânsito (GETs), de Defesa Ambiental (GDA) e de Cães de Guarda (GCG), que atuam principalmente nos locais de saída das praias, como pontos de ônibus e vias estratégicas.

  • 29 de agosto de 2021