Prefeitura realiza demolição de dez construções irregulares em Copacabana

Publicado em 12/07/2022 - 14:10 | Atualizado em 12/07/2022 - 14:10
As construções estavam localizadas na Rua Saint Romain, na subida da comunidade do Cantagalo-Pavão-Pavãozinho - Divulgação

A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) e a Subprefeitura da Zona Sul lideraram, nesta terça-feira (12/7), uma ação de demolição de construções irregulares erguidas em área pública, na Rua Saint Romain, na subida da comunidade do Cantagalo-Pavão-Pavãozinho, em Copacabana. Na operação, foram demolidos dez imóveis em alvenaria e estruturas metálicas, que funcionavam como estabelecimentos comerciais, entre eles uma mercearia insalubre, dois depósitos, uma barbearia e uma loja de açaí, além de um banheiro e de estruturas de ambulantes estacionadas nas calçadas.

Também foram desfeitas 137 ligações clandestinas, sendo 62 de luz e 15 de água. Foram recolhidos 40 toneladas de entulho. Todos os estabelecimentos foram notificados sobre a ocorrência com um mês de antecedência.

 

– Essa é mais uma operação de ordenamento que a Seop vem fazendo diariamente. É um ponto importante na Zona Sul, na Rua Saint Romain, em um local onde, infelizmente, as pessoas ocuparam com comércio e estruturas totalmente ilegais. Todos os proprietários foram notificados previamente sobre irregularidades das construções. Esse é um trabalho em que contamos com a colaboração das pessoas para que o espaço público seja respeitado. Seguiremos fazendo essas operações para retomar a ordem pública da cidade – ressaltou o secretário de Ordem Pública, Brenno Carnevale.

 

Também participaram da operação agentes da Secretaria de Conservação, Coordenadoria Técnica de Operações Especiais (COOPE), Programa Rio+Seguro, Polícia Militar, Comlurb, Light, Rioluz, Águas do Rio e do Grupamento de Operações Especiais (Goe), da Guarda Municipal. Ao todo, a ação contou com 45 agentes.

 

– É nossa responsabilidade cuidar da Zona Sul e atender as demandas de todos os cidadãos. É por isso que buscamos identificar as necessidades urbanas, mas sempre priorizando ouvir as pessoas e respeitar os espaços públicos – disse o subprefeito da Zona Sul, Flávio Valle.

  • 12 de julho de 2022
  • Skip to content